Rondônia - 14 de novembro de 2018
Home / Notícias / Esportes / Corinthians / Da Fiel ao gramado: Edilson destaca pontos fortes do Corinthians para decisão desta quarta

Da Fiel ao gramado: Edilson destaca pontos fortes do Corinthians para decisão desta quarta

1.7 mil
visualizações

13 comentários


Comunicar erro

Edilson concedeu entrevista nesta segunda feira

Edilson concedeu entrevista nesta segunda-feira

Foto: Reprodução/Youtube

Tendo de reverter a derrota sofrida no primeiro confronto das finais, o Corinthians tem um importante aliado para a decisão da Copa do Brasil, nesta quarta-feira: a Fiel. Para o lateral Edilson, que já vestiu as cores do clube e hoje defende o Cruzeiro, outros fatores também podem favorecer o Timão na grande decisão contra sua atual equipe, como o gramado.

“O Corinthians é muito forte dentro de casa. Sua torcida sempre é um fator fundamental. Não para de cantar o tempo todo e faz com que o jogador acredite. Já fizeram viradas e jogos muito bons ali dentro. O próprio gramado é um pouco diferente, mais escorregadio“, pontuou, em coletiva concedida nesta segunda-feira.

Eles sabem muito bem usar esse fator casa, mas estamos muito preparados. Nossa equipe já jogou muitas vezes lá e sei que nosso grupo está muito focado para ter êxito“, completou.

Leia também:Corinthians terá a maior renda de sua história na final contra o Cruzeiro; saiba o valor projetado Cássio tenta manter incrível sequência de nunca ter perdido uma decisão pelo Corinthians

Alertando os companheiros para questões que conhece bem, como o tipo de chuteira a ser usado na Arena, Edilson projeta um jogo mais aberto para o Cruzeiro em Itaquera. Além do contra-ataque, o lateral acredita que as bolas paradas podem fazer a diferença para os mineiros.

Vai ser um jogo no qual o Corinthians vai ter que sair um pouco mais. Mas nossa estratégia não vai ficar lá atrás, até porque não é nossa característica. A bola parada, não só no Cruzeiro, vem sendo fundamental e decidindo jogos. Nós temos muita força nisso e tentamos explorar. Mas nesse jogo, além da parte ofensiva, temos de estar muito ligados atrás. Se não sofrermos gols, podemos sair com o título mesmo com o empate”, analisou.

A ofensividade prevista pelo lateral tem motivo: o Corinthians perdeu por 1 a 0 em Belo Horizonte e precisa de um triunfo por dois ou mais gols de vantagem para sagrar-se campeão – uma vitória simples leva a decisão aos pênaltis. A bola rola às 21h45 na Arena, em Itaquera.

Veja mais em:
Copa do Brasil e Ex-jogadores do Corinthians.