Rondônia - 14 de novembro de 2018
Home / Notícias / Norte / Rondônia / Ministério Público vai funcionar das 7 às 13 horas na Semana do Servidor

Ministério Público vai funcionar das 7 às 13 horas na Semana do Servidor

As unidades do Ministério Público do Estado de Rondônia, em todo o Estado, vão funcionar em horário corrido, das 7 às 13 horas, no período de 22 a 26 de outubro, em razão das Comemorações da Semana do Servidor, conforme Portaria nº 1291/PGJ. No período estabelecido será adotado o regime de plantão, de acordo com as necessidades do serviço, sem prejuízo das atividades consideradas essenciais.

Em Porto Velho, a programação da Semana do Servidor terá início no dia 22 de outubro, com a entrega de Medalhas por Bons Serviços prestados ao Ministério Público a Membros e servidores da Instituição, no auditório do edifício-sede da Instituição, às 10 horas. A medalha de Bons Serviços foi instituída pela Lei nº 1.453, de 2 de fevereiro de 2005, na gestão do então Procurador-Geral de Justiça José Carlos Vitachi, com o objetivo de homenagear membros e servidores que exerçam com louvor as suas atividades. As honrarias são concedidas por tempo efetivo de serviço nos seguintes graus: 10 anos, medalha de bronze; 20 anos, medalha de prata, e 30 anos, medalha de ouro.

No dia 23, das 9h30 às 11h30, será realizada a palestra “ A Arte de Amadurecer: a construção do desenvolvimento pessoal e profissional”, com o psicólogo Rossandro Klinjey. Também como parte das Comemorações da Semana do Servidor, haverá apresentação do musical Canto para Todos V, -Cantando Amores, cuja estreia é nessa quinta-feira, 18 de outubro, e nos dias 19, 20, 22 e 23 de outubro, no Teatro Guaporé.

Nos dias 24 e 25, haverá exposição de artesanatos pelas instituições Casa Família Rosetta e Associação Cultural e Desenvolvimento de Apenados e Egressos (ACUDA) e de quadros das escolas estaduais (projeto Fera) com o tema: Rondônia arte de nossa terra. Dentro da programação da Semana do Servidor também serão realizadas competições esportivas e atendimento em saúde preventiva.

Fonte: Assessoria