Rondônia - 14 de novembro de 2018
Home / Notícias / Esportes / Corinthians / Em andamento, planejamento de 2019 mira jovens e trio de veteranos está com os dias contados

Em andamento, planejamento de 2019 mira jovens e trio de veteranos está com os dias contados

6.6 mil
visualizações

130 comentários


Comunicar erro

Enquanto Pedrinho deve ganhar cada vez mais espaço, Sheik vive seus últimos dias de Corinthians

Enquanto Pedrinho deve ganhar cada vez mais espaço, Sheik vive seus últimos dias de Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O vice-campeonato da Copa do Brasil não deve mudar os planos do Corinthians para a próxima temporada. Mesmo ainda precisando se livrar das chances de queda, o clube já trabalha com o foco em renovar o plantel. Para isso, é claro, estão previstas saídas e chegadas.

Entre os nomes que devem deixar o CT Joaquim Grava, aparecem atletas com vasta experiência: casos dos ídolos Danilo e Emerson Sheik, e do zagueiro Vilson, que não devem ter seus contratos renovados.

Leia também:Corinthians obtém a maior renda da história da Arena em derrota na final da Copa do Brasil Agora sem o título, Jair Ventura precisa melhorar todos seus números no Corinthians Realidade bate à porta do Corinthians: luta contra o rebaixamento e quase fora da Libertadores 2019

Na contramão disso, as chegadas tendem a ser amplamente dominadas por jogadores de pouca idade e projeção de evolução futura, como Gustavo Mosquito, que chegou após fim de contrato com o Coritiba e já treina com o elenco alvinegro.

Junto dos jovens reforços, o Timão já conta com uma base de média de idade bem baixa, inclusive no time titular. Exemplos disso não faltam como Léo Santos, Pedrinho, Douglas, Mateus Vital, Thiaguinho, Ángelo Araos e Sergio Díaz.

O planejamento visando a juventude não é de hoje, muito menos idealizado por Jair Ventura. As contatações de baixo custo e com potencial de evolução são tratadas como foco desde que Andrés Sanchez reassumiu o clube. Em março, por exemplo, Fábio Carille falou ao Meu Timão sobre o projeto visar a temporada de 2020, esboçando até uma escalação só com jovens que já fazem parte do plantel.

Vovôs saem de cena

A realidade dos três nomes que tendem a deixar o Corinthians por não ter contrato renovado é bem diferente. Primeiro, Emerson Sheik. Multicampeão pelo clube, o atacante já anunciou que vai se aposentar do futebol ao fim da temporada. O processo, então, segue o caminho óbvio.

Danilo, por sua vez, é outro ídolo da Fiel, mas revelou em entrevista recente que pretende seguir atuando em 2019 – renovando com o Corinthians ou não. Aí é que surge o questionamento para alguns torcedores. Vale manter o camisa 20? – responda abaixo.

Por fim, Vilson. Longe de ter a história da dupla citada acima, o jogador enfrenta problemas físicos desde que desembarcou no CT Joaquim Grava. O fator pesa contra o defensor, que chegou a ter bons momentos, na hora de pensar em renovação.

Olha a molecada aí!

A lista de jovens jogadores do Corinthians é extensa. E tende a ficar ainda maior no ano que vem. Além de Gustavo Mosquito, que já treina com a equipe e só pode estrear em 2019, o Timão deve buscar nomes de pouca idade no mercado.

Exemplo disso é o interesse da direção alvinegra em André Luís, da Ponte Preta. O atacante tem apenas 21 anos e é um dos destaques da atual Série B do Campeonato Brasileiro.

Falando apenas de quem já está no elenco, é possível projetar um plantel com uma série de opções para presente e futuro. A extensa lista é composta por:

  • Pedro Henrique: 23 anos;
  • Léo Santos: 19 anos;
  • Carlos Augusto: 19 anos;
  • Mantuan: 21 anos;
  • Thiaguinho: 21 anos;
  • Douglas: 21 anos;
  • Araos: 21 anos;
  • Sergio Díaz: 20 anos;
  • Mateus Vital: 20 anos;
  • Pedrinho: 20 anos;
  • Matheus Matias: 20 anos;
  • Gustavo Mosquito: 21 anos;

Além da lista de atuais peças do plantel corinthiano, ainda é válido citar nomes como Juninho Capixaba, Moisés, Jean, Marciel, Guilherme Romão e Carlinhos, que também são jovens e estão emprestados pelo clube – alguns podem aparecer no elenco para 2019.

Junto disso, é claro, há a base. Atualmente, Jair Ventura e Eduardo Barroca têm feito uma série de exercícios de integração. Entre os nomes cogitados para subir estão Caetano e Rafael Bilu, relacionados pela primeira vez em clássico contra o Santos. Além da dupla, nomes como Fabrício Oya e Fessin também podem buscar espaço.

Dê seu pitaco para o destino dos jovens do Timão em 2019

Veja mais em:
Danilo, Emerson Sheik, Vilson, Pedrinho, Mateus Vital, Léo Santos, Guilherme Mantuan, Gustavo Mosquito, Ángelo Araos, Sergio Díaz, Thiaguinho, Matheus Matias e Carlos Augusto.