Rondônia - 15 de novembro de 2018
Home / Notícias / Esportes / Corinthians / Luan relembra teste no Corinthians e infância alvinegra: ‘Torcedor como qualquer um’

Luan relembra teste no Corinthians e infância alvinegra: ‘Torcedor como qualquer um’

780
visualizações

7 comentários


Comunicar erro

Craque da Libertadores de 2017, Luan poderia estar jogando no Timão

Craque da Libertadores de 2017, Luan poderia estar jogando no Timão

Foto: Divulgação/Site oficial do Grêmio

Destaque do Grêmio e eleito o melhor jogador da América em 2017, Luan tentou a sorte nas categorias de base do Corinthians antes de chamar atenção do clube gaúcho. É que o próprio jogador revelou em entrevista ao programa Bolívia Talk Show que foi ao ar na noite da última quinta-feira, no canal do YouTube Desimpedidos.

Quando adolescente, Luan passou cerca de uma semana no Parque São Jorge, onde realizou um período de testes ao lado de dois amigos de Rio Preto, interior de São Paulo, sua cidade natal. Entretanto, por conta de seu biotipo, considerado franzino à época, não foi aprovado na peneira.

“Fiquei uma semana no Corinthians, eu e mais dois amigos meus fomos fazer teste lá. Nem treinei direito, os caras já viram, falaram que eu era muito magrinho e tal. Os dois moleques ficaram e eu voltei pra casa”, contou Luan, hoje com 25 anos de idade e considerado o principal nome do elenco do Grêmio.

O atacante começou a carreira no Tanabi-SP, em 2012, mesmo ano em que comemorou como um bom torcedor o segundo Mundial de Clubes do Corinthians – em junho de 2017, vazou nas redes sociais uma imagem do jogador com uma camisa da equipe paulista e em plenas ruas de Rio Preto celebrando o título conquistado sobre o Chelsea.

Questionado sobre o passado corinthiano, Luan não escondeu que torcia pelo Timão na infância. “Nunca pegou (mal com a torcida do Grêmio). Ainda nem jogava futebol, torcedor como qualquer um, como tudo mundo que é pequeno torce para um time. É verdade isso aí, mas hoje não tem mais nada, defendo a camisa do Grêmio”, limitou-se. “O carinho que eu tenho por eles (gremistas) e a gratidão superam qualquer coisa”.

“Jogar contra o Corinthians é jogar contra qualquer time, já falei isso. O Grêmio é mais importante”, completou.

No último mês de julho, depois de perder um amistoso com o Grêmio na Arena Corinthians, Luan pediu camisas do clube paulista. Ele havia prometido a amigos de infância, obviamente corinthianos, que solicitaria os uniformes à direção do Timão, e assim o fez.

Confira 10 jogadores que torciam pelo Corinthians quando criança

Veja mais em:
Base do Corinthians.