Rondônia - 15 de novembro de 2018
Home / Notícias / Esportes / Corinthians / Corinthians tem parte da premiação na Copa do Brasil bloqueada por dívida; clube rebate

Corinthians tem parte da premiação na Copa do Brasil bloqueada por dívida; clube rebate

2.5 mil
visualizações

72 comentários


Comunicar erro

Corinthians foi derrotado pelo Cruzeiro e ficou com o vice campeonato na Copa do Brasil

Corinthians foi derrotado pelo Cruzeiro e ficou com o vice-campeonato na Copa do Brasil

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

O Corinthians teve alguns cifrões de sua premiação pelo vice-campeonato na Copa do Brasil bloqueados pela Justiça. Isto porque o Instituto Santanense de Ensino Superior, faculdade que o clube mantém uma dívida de mais de R$ 2 milhões, acionou a entidade para que parte do dinheiro conquistado pelo Timão no torneio seja barrado. A informação é do GloboEsporte.com.

O pedido da instituição de ensino, mais conhecida como UniSant’Anna, foi realizado na última quarta-feira, dia da final entre Corinthians e Cruzeiro na Copa do Brasil, na Arena em Itaquera. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) já foi notificada oficialmente sobre o assunto. Pelo título, o time mineiro levou R$ 50 milhões como premiação pelo título, enquanto o Timão ficou com R$ 20 milhões.

Leia também:Brasileirão, estreia na Superliga e final no feminino: a semana de compromissos do Corinthians Análise: Corinthians segue tendo erros, e vacila individual e defensivamente diante do Vitória

O requerimento da faculdade acenou que a “penhora do valor correspondente à premiação” fosse realizada com urgência. Segundo a UniSant’Anna, o valor exato da dívida neste momento é de R$ 2.485.952,11 – sendo a quantia referente apenas ao que o instituto tem de direito, sem os custos do processo.

No último mês de agosto, a instituição tentou bloquear parte do dinheiro ganho pelo Corinthians na venda do meia Rodriguinho ao Pyramids, do Egito. Porém, a ação não teve sucesso. O clube alvinegro ainda pediu uma audiência de reconciliação com a faculdade, mas não houve acordo entre os lados.

O processo corre desde 2008, quando a faculdade alugava um espaço no Parque São Jorge, onde instalou um campus. A alegação era que o clube impediu o acesso de alunos e funcionários e a UniSant’Anna foi à Justiça por uma indenização.

O lado do Corinthians

Em contato com a reportagem do Meu Timão, o Corinthians divulgou uma nota de esclarecimento sobre o caso. Apesar de não confirmar o bloqueio, o clube esclareceu que possui a dívida e está tentando acertar o valor devido e fazer um acordo para o pagamento. Segundo o Timão, a dívida estaria sendo calculada de maneira equivocada pela faculdade, que também teria um valor a quitar com o Corinthians. Leia abaixo!

“O Sport Club Corinthians Paulista esclarece que existe uma dívida perante o Instituto Santanense de Ensino Superior cujo valor líquido ainda se encontra em fase de discussão judicial. Conforme informado pelo Diretor Jurídico do Corinthians, Fabio Trubilhano, foi realizada audiência de tentativa de conciliação em 03 de setembro de 2018, porém as partes não chegaram a um consenso sobre o valor devido, ante o valor excessivo sustentado pelo Instituto, acima de 4 milhões de reais. No último dia 17, o Instituto retificou o valor devido para R$ 2.485.952, 11 e solicitou que tal valor fosse bloqueado da premiação da Copa do Brasil, a ser recebida pelo clube. O Corinthians informa a existência de ação monitória transitada em julgado, em fase de cumprimento de sentença – autos n.º 0059215-68.2018.8.26.0100, junto à 13.ª Vara Cível do Foro Central da Capital –, na qual possui crédito perante a mesma instituição no valor aproximado de R$ 1.200.000,00, cujo montante pretende seja compensado. A agremiação tomará todas as medidas judiciais cabíveis para que se defina corretamente o valor devido e para que ocorra, dentro das possibilidades financeiras do clube, o adimplemento de suas obrigações”.

Veja mais em:
Copa do Brasil.