Rondônia - 16 de novembro de 2018
Home / Notícias / Esportes / Vasco da Gama / Ramon: ‘Os erros acontecem, fazem parte do jogo, mas não podemos entrar em campo pensando em não cometê-los’

Ramon: ‘Os erros acontecem, fazem parte do jogo, mas não podemos entrar em campo pensando em não cometê-los’

Após uma sequência de seis jogos de invencibilidade, o Vasco da Gama foi superado pelo Sport Recife e não atingiu o objetivo de se distanciar do incômodo Z4 do Campeonato Brasileiro. O Gigante da Colina, entretanto, terá mais uma oportunidade de ampliar a diferença para os clubes que se encontram na parte inferior da tabela na próxima sexta-feira (26/10), diante do Internacional, em São Januário.

Embora o adversário atravesse um excelente momento e brigue diretamente com Palmeiras e Flamengo pelo título nacional, o Almirante se vê em condições de somar mais três pontos dentro da Colina Histórica. Indo de encontro ao que foi dito por Leandro Castan (veja), o capitão Ramon enalteceu a qualidade do elenco cruzmaltino e demonstrou otimismo ao projetar o duelo com o Colorado.

– Temos um aproveitamento muito bom jogando em São Januário. Contamos com a força do nosso Caldeirão para fazer valer esse mando de campo. Vai ser uma partida muito complicada, mas confio no potencial do nosso grupo. Acredito que o Inter venha para cima depois do empate que teve ontem jogando em casa. Nós também precisamos ganhar para se afastar da parte inferior da tabela, então tem tudo para ser um grande jogo. Precisamos ter muita atitude e personalidade para jogar – afirmou o camis 27, rasgando elogios para o rival logo na sequência.

– O Leandro Damião é um jogador de muita força e que possui uma bola aérea muito boa. O Inter possui uma equipe de transição muito rápida. Já joguei com o Edenílson e precisamos ter atenção com ele, pois vem muito bem. É aquele tipo de segundo volante que vai de área a área. Além disso, a equipe deles possui dois pontas são rápidos e um meio-campo de bastante qualidade, mas não podemos ter medo de ser feliz. Essa é a verdade. Os erros acontecem, fazem parte do jogo, mas não podemos entrar em campo pensando em não cometê-los. É preciso arriscar – acrescentou o capitão.

Nas últimas nove rodadas do Campeonato Brasileiro, o Gigante da Colina irá encarar equipes que figuram na primeira página da tabela de classificação. Para Ramon, entretanto, isso não é um problema. O experiente jogador afirmou em outro trecho de sua entrevista coletiva que prefere duelar contra rivais nessa condição por eles apresentarem uma estratégia de jogo ofensiva.

– Eu prefiro jogar contra equipes que estão brigando para cima. São times que vão sair para jogar e que vão buscar o gol. Eu sou adepto do futebol ofensivo. Não gosto muito daquela equipe que monta uma parede na frente da defesa e fica esperando por uma bola. O Inter, por exemplo, é uma equipe que sai para jogar. Em relação ao nosso momento na tabela, por sorte, quem estava abaixo de nós também perdeu na rodada passada e não conseguiu se aproximar da gente. Temos mais uma rodada para fazer um bom jogo e nos livrarmos de vez dessa briga contra o Z4 – finalizou o lateral.

Ramon durante treinamento no CT do Almirante

Fonte: Site oficial do Vasco