Rondônia - 16 de novembro de 2018
Home / Notícias / Norte / Rondônia / Nomeada equipe de transição do governo de Rondônia

Nomeada equipe de transição do governo de Rondônia

Por meio do Decreto nº 23.336, de 7 de novembro de 2018, o governador Daniel Pereira nomeou a equipe de Transição Governamental de que trata o Decreto nº 23.330, de 5 de novembro, que regulamenta a Lei nº 3.139, de 17 de julho de 2013, que instituiu a equipe de transição por candidato eleito para o cargo de governador ou prefeito.

Com base no artigo 4º do Decreto nº 23.330, a equipe que vai auxiliar o governador eleito em 28 de outubro, Coronel Marcos Rocha, é composta por Eurípedes Miranda Botelho, secretário-chefe da Casa Civil; Hélder Risler de Oliveira, secretário subchefe da Casa Civil; Cel PM Júlio Martins Figueiroa, secretário-chefe da Casa Militar; Cap PM Philippe Rodrigues Menezes, secretário subchefe da Casa Militar; Juraci Jorge da Silva, procurador-geral do estado; Leri Antônio Souza e Silva, procurador-geral do estado adjunto; Pedro Antonio Afonso Pimentel, secretário de estado do Planejamento, Orçamento e Gestão; Maria Emília da Silva, secretária de estado do Planejamento, Orçamento e Gestão adjunta; Franco Maegaki Ono, secretário de estado de Finanças; e Marcelo Hagge Siqueira, secretário de estado de Finanças adjunto.

Ainda no decreto do dia 7, em atendimento ao inciso 1º do artigo 5º do Decreto nº 23.330, o governador Daniel Pereira nomeou a equipe indicada por Marcos Rocha, composta por 33 pessoas, das quais apenas cinco terão acesso a informações sigilosas, que são Elias Rezende de Oliveira, José Gonçalves da Silva Júnior; Erika Camargo Gerhardt; Luiz Felipe da Silva Andrade e Richard Campanari. Os demais integrantes são Eder André Fernandes Dias, Cleverson Brancalhão da Silva, Delner Freire, Eliane Rocha Pinto, Raulino Ferreira da Silva, Caius Rodrigo de Castro Prieto, Lauro Fernandes da Silva Junior, Constantino Erwen Gomes Souza, Anibal de Jesus Rodrigues, Clênio Marcelo Marques Gusmão, Hélio Gomes Ferreira, Silvio Luiz Rodrigues da Silva, Fabricio da Silva Leme, Luiz Gustavo dos Santos Ferreira, Benedita Aparecida de Oliveira, Everton Almerí Esteves, Etelvina da Costa Rocha, Suamy Vivecananda Lacerda de Abreu, Maria Conceição Alves, Katiane Maia dos Santos, Fernando Rodrigues Máximo, Luís Fernando Pereira da Silva, Jurandir Cláudio Dadda, Valdemir Carlos de Góes, Liana Silva de Almeida Lima, Amadeu Hermes Santos da Cruz, Jefferson Ribeiro da Rocha e Euclides Nocko.

Dos 33 indicados pelo governador eleito, 13 são servidores públicos do estado (Elias Rezende de Oliveira, Eder André Fernandes Dias, Fabricio da Silva Leme, Everton Almerí Esteves, Etelvina da Costa Rocha, Suamy Vivecananda Lacerda de Abreu, Maria Conceição Alves, Katiane Maia dos Santos, Fernando Rodrigues Máximo, Luís Fernando Pereira da Silva, Jurandir Cláudio Dadda, Valdemir Carlos de Góes e Liana Silva de Almeida Lima), e, por isso, em atendimento ao inciso 3º, do artigo 5º do Decreto nº 23.330, serão requisitados pelo chefe da Casa Civil para atuarem em caráter de dedicação exclusiva até o encerramento dos trabalhos.

CONFIRA O DECRETO AQUI

Leia Mais:

 Decreto regulamenta transição administrativa do governo de Rondônia para o governador eleito