Rondônia - 13 de dezembro de 2018
Home / Notícias / Brasil / Startups afiam discurso de venda de olho em investidores portugueses

Startups afiam discurso de venda de olho em investidores portugueses

Começou na manhã deste domingo (11), o treinamento de pitches das startups brasileiras que participam do Startout Brasil, etapa Lisboa. Além das avaliações do consultor contratado pela Apex-Brasil, a equipe da Agência e os demais empresários também têm oportunidade de opinar sobre as apresentações.
 
A intenção com esta atividade é afiar o discurso de venda dos produtos e serviços das empresas, com o objetivo de despertar o interesse de investidores locais que assistirão às apresentações das startups brasileiras no Demoday, que acontece na quinta-feira, dia 15.
 
A agenda oficial do Startout Brasil etapa Lisboa terá início na manhã de segunda-feira (12), com um seminário sobre o ambiente de negócios português e outras informações relevantes para um inicio estruturado no mercado português e europeu.
 
Participam do Startout Lisboa as seguintes empresas:- MOLEGOLAR, desenvolve plantas arquitetônicas baseadas em módulos que se combinam (aumentam ou diminuem) de acordo com as necessidades dos usuários;- RZ2 Sistemas de Gestão LTDA, desenvolvedora de uma ferramenta de padronização de serviços relacionados ao uso de checklist;- Biosolvit, empresa de biotecnologia aplicada ao desenvolvimento de novos materiais;- Asel Tech Automação e Tecnologia Ltda, startup de engenharia e automação para detecção e localização de vazamentos em dutos de óleo e gás em tempo real;- Sizebay, desenvolvedora de tecnologia para recomendação de tamanhos e análise da vestibilidade de moda, a partir da dedução automática das medidas corporais dos usuários;- Outra Coisa, criadora de uma plataforma que alia aprendizado e diversão por meio de chat e jogo;- Rocket.chat, plataforma de colaboração e comunicação corporativa;- Labsoft Tecnologia Ltda, plataforma para controle da qualidade em processos industriais;- MVisia, linha de câmeras inteligentes para o controle de qualidade em linhas industriais;- Siteware Soluções AS, ajuda companhias a melhorarem seusresultados e baterem suas metas;- Conviso Application Security S.A., especializada emdesenvolvimento seguro de software e análises de segurança deaplicações;- Implanta IT Solutions, especializada em integração de canais paraextração diária e automatizada de dados de sell out e reposição deestoque;- Verde Ghaia, plataforma para controlar a legislação ambiental, desaúde e segurança, responsabilidade social e de gestão de energia;- Shelfpix, plataforma de inteligência artificial para o monitoramento de produtos em gôndolas de supermercados;- Fastdezine, plataforma que une fornecedores de projetos de design gráfico online e offline, mídia digital e desenvolvimento web com clientes (agências de marketing e empresas).
O StartOut Brasil é um programa de apoio à inserção de startups brasileiras nos mais promissores ecossistemas de inovação do mundo. Realizado pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), Ministério das Relações Exteriores (MRE), SEBRAE e Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec), o programa já passou por Buenos Aires, Paris, Berlim e Miami e já recebeu 56 startups.
 
DICAS:: COMO MELHORAR SEU PITCH• apresentação apaixonada: contribui para sensibilizar o investidor; • cuidado com cifras de mercado: para não desestimular investidores, potencial de mercado precisa ser cuidadosamente abordado, pois mercados pequenos não são tão atrativos ; • falar sobre os integrantes da empresa, quem vai tocar o projeto (em startups, o empreendedor é que conta); • destacar claramente o diferencial em relação à concorrência; • detalhar o diferencial tecnológico;  • destacar claramente o que quer do mercado local (mais específico e menos geral); • “entrar na dor” do seu cliente: mostrar porque o serviço/produto é relevante para quem o adquire.