Rondônia - 13 de dezembro de 2018
Home / Notícias / Nordeste / Rio Grande do Norte / Agora RN » Suspeito de tentar estuprar menor é preso em prédio da Receita Federal

Agora RN » Suspeito de tentar estuprar menor é preso em prédio da Receita Federal

Publicidade

x fechar anúncio

imagem20-11-2018-15-11-14

Um suspeito de tentar estuprar uma menor, identificado como Carlos Alberto de Menezes, foi preso pela Guarda Municipal do Natal (GMN). Ao ser abordado, o suspeito tentou fugir e invadiu o prédio da Delegacia da Receita Federal, na Ribeira, onde acabou detido e preso pela guarnição da Ronda de Proteção à Saúde da GMN (RondaS).

Os guardas municipais foram chamados pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) para atender a ocorrência de tentativa de estupro. Ao chegarem no local, os agentes tiveram que conter cerca de 30 pessoas que tentavam invadir o prédio onde Carlos Alberto de Menezes se refugiava. A intenção era de linchar o suspeito. “Primeiramente fizemos a prisão do suspeito dentro da Receita Federal e pedimos apoio de mais viaturas para conter um grupo de pessoas que estava revoltado e queria espancar o detido”, contou um dos guardas.

Os guardas encontraram com Carlos Alberto uma faca, que foi apreendida. O detido estava com alguns machucados ocasionados pela tentativa de fuga do grupo de pessoas que o perseguiu até o prédio da Receita Federal. A acusação realizada pela mãe da vítima é de que Carlos Alberto tentou estuprar a própria enteada, mas não conseguiu porque a menina conseguiu gritar por socorro.

Carlos Alberto de Menezes foi conduzido pelos guardas municipais a Delegacia de Plantão Zona Sul onde foi realizado os procedimentos de prisão em flagrante delito. Lá, foram colhidos os depoimentos da vítima e das testemunhas. O detido vai responder criminalmente com base no artigo 217A do Código Penal Brasileiro (CPB), que tipifica o crime de ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 anos. Se condenado a pena é de reclusão de 8 a 15 anos.