fbpx
25.2 C
Ariquemes
terça-feira, 26 março 2019, 12:13

Tribunal de Contas imputa débito e multa mais uma vez o deputado federal Lúcio Mosquini por irregularidades no DER/RO

O Tribunal de Contas (TCE/RO) julgou irregular, de forma unânime, Tomada de Contas Especial realizada no âmbito do Departamento de Estradas, Rodagens, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER/RO) por não designar representante da administração para acompanhar e fiscalizar a execução de contrato nos municípios de Ji-Paraná, Cacoal e Pimenta Bueno.

Além disso, os conselheiros levaram em conta o fato de ter havido pagamentos relativos a serviços de topografia não realizados em favor da empresa Direção – Consultoria e Engenharia Ltda., cujo objetivo visava a fiscalização, supervisão e gerenciamento de obras a fim de dar suporte técnico-administrativo ao DER/RO.

De acordo com a Corte de Contas, os resposáveis pela irregularidades são o deputado federal Lúcio Mosquini (MDB), ex-diretor-geral do órgão; Carlos André da Silva Morais e Ernandes de Souza Bonfim, engenheiros fiscais do contrato discutido no processo, e o empreendimento Direção – Consultoria e Engenharia Ltda.

Com isso, foi imputado débito solidário a todos eles no valor de R$ 28.414,74, monta atualizada até setembro deste ano; além de duas multas aplicadas a Mosquini que, somadas, chegam ao total de R$ 4.461,47.

Os engenheiros Carlos André da Silva Morais e Ernandes de Souza Bonfim e a empresa Direção – Consultoria e Engenharia também foram multado individualmente em R$ 2.841,47.

Autor / Fonte: Rondoniadinamica

Últimas notícias: