Rondônia - 19 de dezembro de 2018
Home / Notícias / destaque / Caminhões serão destinados para ações conjuntas de fomento a economia solidária através do programa Cata Mais Rondônia

Caminhões serão destinados para ações conjuntas de fomento a economia solidária através do programa Cata Mais Rondônia

Quatro caminhões adquiridos através do Fundo Estadual de Combate a Erradicação da Pobreza de Rondônia (Fecoep/RO) serão destinados para ações conjuntas da Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas) e cooperativas de catadores de materiais recicláveis do Projeto Cata Mais Rondônia. A solenidade de disposição dos veículos para esta finalidade será realizada na terça-feira (4), no estacionamento Pirarucu do Palácio Rio Madeira, em Porto Velho.

‘‘Eles vão suprir uma das necessidades do projeto que é a logística de comercialização dos produtos recicláveis e uma equipe técnica da Seas estará promovendo e acompanhando as ações de logística juntamente com as cooperativas’’, afirma a gerência de Inclusão Produtiva e Economia Solidária (Geinpro) da Seas, Ivete dos Santos Campos.

De acordo com a gerente, o investimento é de R$ 660 mil e os caminhões são do mesmo modelo. Os veículos ficarão na responsabilidade da Seas para o serviço de logística da Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis de Rolim de Moura (Recicoop), dos catadores do bairro Vila Princesa em Porto Velho, da Cooperativa dos Catadores de Recicláveis de Cacoal (Coopcatar) e da Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis de Ariquemes e Região (Coocare).

O programa Cata Mais Rondônia foi criado em 2017, atende cerca de 800 famílias e funciona em parceria com municípios. Ao Estado, segundo a gerente, além de apoio a logística também cabe a responsabilidade de contratação de equipe técnica para dar suporte para esses empreendimentos econômicos solidários do Estado desde a organização documental a todas as ações necessárias para inclusão das cooperativas como fomento a economia solidária a fim de garantir que aquilo que eles retiram dos lixões se transformem em fonte de renda.

POLÍTICA PARA PESSOAS IDOSAS
Além dos quatro caminhões para o Programa Cata Mais Rondônia, a solenidade de terça-feira (4) também será marcada pela entrega de um kit de fortalecimento do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa que inclui um veículo, três mesas (estação de trabalho), três cadeiras, duas longarinas executivas com três lugares para recepção do público; uma mesa de reunião com seis cadeiras, dois armários, um bebedouro, três computadores, três webcams, TV e impressora.

imagem29-11-2018-17-11-12

Veículo será usado pelo Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa

‘‘O Ministério dos Direitos Humanos (MDH) fez essa doação que vai fortalecer o Conselho Estadual e fomentar os conselhos municipais. Esse veículo é considerado um divisor de águas na política pública para pessoas idosas onde os conselheiros estaduais vão estar se deslocando aos municípios e lugares de difícil acesso para levar informação e capacitação para os conselhos municipais’’, afirma assistente social da Seas, Ronivaldo Fernandes.

Uma ação que vem somar com as últimas conquistas para este público como a efetivação do conselho, a criação do fundo do idoso fortalecendo os 33 conselhos municipais, a criação do projeto Pessoa Idosa no Transporte Público, trabalho de conscientização através do projeto Violência Financeira contra Pessoa Idosa e do Envelhecimento Sexual Ativo.

Leia mais:

Conselho do Fundo de Combate à Pobreza aprova R$ 28 milhões em projetos que atendem catadores, indígenas e jovens