fbpx
33 C
Porto Velho
sexta-feira, 23 agosto 2019, 20:02
Site de apostas
Site de apostas
Site de apostas

Dos 6 reforços do Vasco que estrearam contra o Madureira, 5 começaram como titulares

O Vasco começou 2019 com um time bastante mudado. Em que pese o planejamento diferenciado para prováveis titulares como Andrey, Bruno César, Pikachu e Maxi López, o triunfo sobre o Madureira também mostrou caras novas que chegaram para encorpar o elenco.

Cinco reforços foram titulares na estreia cruz-maltina no Campeonato Carioca: os laterais Cáceres e Danilo Barcelos, o volante Lucas Mineiro, o meia Yan Sasse e o atacante Ribamar. Outro recém-chegado, o lateral Claudio Winck, entrou no segundo tempo.

Em níveis diferentes, os reforços deixaram boa impressão e mostraram que poderão ser úteis ao longo da temporada. Veja uma análise de cada um:

Em alta

Lucas Mineiro: o volante foi o maior destaque entre os estreantes. Mostrou ter bom passe e força na marcação. Também apareceu na área para finalizar. Mesmo em seu primeiro jogo, pareceu adaptado ao esquema de jogo de Valentim e carimbou praticamente todas as bolas do Vasco no ataque. Levou um cartão amarelo bobo.

Ribamar: o potencial físico do atacante ficou evidente já em seu primeiro jogo. Forte e veloz, deu muito trabalho à defesa do Madureira. Também teve bons momentos saindo da área e preparando jogadas para Marrony. Pecou, porém, na finalização – desperdiçou pelo menos duas boas oportunidades no segundo tempo.

Discretos

Cáceres: o primeiro jogo do paraguaio no futebol brasileiro foi logo num calor de 37ºC do subúrbio carioca. Apareceu pouco no ataque – errou um cruzamento no início. Na defesa, cumpriu bem sua função. Mostrou ser um jogador que se dosa bastante e tem preocupação com a marcação. Saiu por cansaço.

Yan Sasse: foi de menos a mais. No primeiro tempo, sentiu o calor e participou muito pouco do jogo. Na etapa final cresceu de produção e mostrou habilidade em jogadas individuais. Canhoto, teve boa finalização.

Claudio Winck: entrou na etapa final e teve pouco tempo para mostrar mais. Chegou a fazer um gol de falta, mas que acabou anulado por impedimento de Werley dentro da área. Teve espaço para atacar no fim, mas errou um cruzamento.

Pode melhorar

Danilo Barcelos: foi o que mais sofreu com o calor do primeiro tempo. Acabou envolvido na marcação. No ataque, errou cruzamentos. Após o intervalo, melhorou: teve mais espaço para atacar, mas ainda pecou na hora de cruzar. Bateu boas faltas e também arriscou um bom chute de longe.

Lucas MineiroRibamarYan Sasse

Fonte: GloboEsporte.com

Últimas notícias: