Pistoleiro pode delatar assassinos de Marielle

Os promotores do Rio de Janeiro devem negociar um acordo com o matador de aluguel Ronald Paulo Alves Pereira para esclarecer os assassinatos de Marielle Franco e Anderson Gomes.

Segundo O Globo, ele é integrante da quadrilha de Rio das Pedras e também faz parte do chamado Escritório do Crime.

“Sinais de um celular ‘bucha’ de Ronald — comprado em nome de terceiros, para o verdadeiro dono não ser identificado — foi captado por antenas transmissoras perto do local do crime, dias antes da morte da vereadora e do motorista.”

Fonte:O Antagonista