Rondônia - 18 de fevereiro de 2019
Home / Notícias / Esportes / Palmeiras / Com atuações distintas em cada tempo, Verdão supera o Botafogo no Allianz Parque por 1 a 0 | Palmeiras

Com atuações distintas em cada tempo, Verdão supera o Botafogo no Allianz Parque por 1 a 0 | Palmeiras

Gol da vitória foi anotado por Deyverson na etapa inicial, quando o time foi bem. Na etapa final o rendimento caiu e teve até pênalti desperdiçado.

DivulgacaoCom apenas 3 jogadores que foram titulares no domingo mantidos no time – Thiago Santos, Dudu e Gustavo Scarpa, o Verdão iniciou o jogo sendo prejudicado pela arbitragem. Logo aos 55 segundos Dudu foi empurrado por Lucas dentro da área, mas Flavio Rodrigues de Souza mandou seguir. O Palmeiras abstraiu o “erro” e seguiu em cima do Botafogo. Aos 8 minutos Scarpa levantou na cabeça de Edu Dracena, que desviou com perigo, à esquerda do goleiro.

Só dava Verdão. Aos 12 minutos Dudu cruzou da direita para Deyverson, que demorou para finalizar e foi bloqueado. Aos 16 a equipe de Ribeirão Preto chegou pela primeira vez, também com perigo: Leonan arriscou da entrada da área mas teve o chute interceptado providencialmente por Edu Dracena. Aos 18 Victor Luis cruzou para Dudu ganhar da marcação pelo alto e cabecear para o gol, mas o árbitro enxergou um empurrão do atacante e anulou a jogada.

Novamente o Palmeiras superou a decisão duvidosa do juiz e seguiu melhor. Aos 20 minutos o gol saiu. Scarpa e Bruno Henrique fizeram jogada ensaiada numa cobrança de falta, o volante soltou a bomba, o goleiro deu rebote e Deyverson conferiu: 1 a 0.

Perdendo o jogo, o Botafogo se abriu um pouco mais em busca do empate. Aos 24 minutos Pará cobrou falta e exigiu de Fernando Prass uma boa defesa. Com mais espaços, o Verdão teve chances para ampliar a vantagem, mas pecou na finalização. Aos 26 minutos o estreante Zé Rafael recebeu de Dudu e bateu fraco, para fora. Aos 29 o camisa 8 ajeitou para Bruno Henrique isolar. No minuto seguinte um lance parecido: Marcos Rocha rolou para Zé Rafael errar feio na conclusão.

Aos 32 minutos Dudu recebeu de Bruno Henrique e bateu forte, cruzado, para fora. Aos 36 Victor Luis cobrou falta, a bola foi desviada no meio do caminho e sobrou para Deyverson perder ótima oportunidade. Nos últimos 10 minutos do primeiro tempo o Palmeiras diminuiu o ritmo mas sem perder o controle da partida.

O Verdão voltou para a etapa final com outro estreante: Carlos Eduardo no lugar de Dudu. O ritmo da equipe, porém, era o mesmo dos minutos finais do primeiro tempo: morno. A primeira finalização foi acontecer apenas aos 12 minutos, quando Victor Luis pegou uma rebatida da defesa e chutou sem direção.

Para tentar mudar o panorama da partida, aos 16 minutos Felipão trocou Zé Rafael por Lucas Lima. Logo depois da entrada do meia, no entanto, quem quase chegou ao gol foi o Botafogo. Aos 17 minutos Leonan arriscou da entrada da área, por cima. Aos 22 Bruno Moraes girou pra cima de Antônio Carlos e bateu nas mãos de Prass.

Diante da falta de criatividade da sua equipe, aos 25 Scolari resolveu garantir o resultado ao substituir Gustavo Scarpa por Felipe Melo. Com três volantes em campo, o Verdão chamou o adversário para o ataque e quase foi castigado aos 27 minutos: após cobrança de falta, Willian Oliveira desviou de cabeça e exigiu de Prass ótima defesa.

Esperando uma brecha do adversário para contra-atacar, o Palmeiras teve a chance para matar o jogo aos 32 minutos com Deyverson, mas o atacante, cara a cara com o goleiro Rodrigo, inventou e perdeu o gol. Aos 36 Carlos Eduardo cavou uma penalidade e Bruno Henrique cobrou muito mal, fraco, no meio do gol. Rodrigo defendeu com o pé.

Ainda com 10 minutos a jogar, o Verdão deu um gás extra e conseguiu segurar a vitória magrinha, a primeira em casa na temporada. O resultado positivo leva o time a 4 pontos, assumindo provisoriamente a liderança do Grupo B do Paulistinha.

O Verdão volta a campo às 19h de domingo (27/01) para enfrentar o São Caetano, na casa do adversário.

Notícias relacionadas:

Notas de Palmeiras 1 x 0 Botafogo-SP
Ficha técnica de Palmeiras 1 x 0 Botafogo-SP