Rondônia - 15 de fevereiro de 2019
Home / Notícias / Política / Líder do Novo defende corte de gastos, reformas e fim do Fundo Partidário – Notícias – Portal da Câmara dos Deputados

Líder do Novo defende corte de gastos, reformas e fim do Fundo Partidário – Notícias – Portal da Câmara dos Deputados

Luis Macedo/Câmara dos Deputados
2ª Sessão Preparatória destinada à eleição dos membros da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados para o biênio 2019/2020. Candidato à presidência da Câmara, dep. Marcel van Hattem (NOVO RS)
Marcel Van Hattem: partidos devem ser mantidos pelos filiados e não pelo dinheiro que deveria ir para segurança, saúde e educação

O líder do partido Novo na Câmara, deputado Marcel Van Hattem (RS), afirma que pretende liderar uma bancada com foco em transparência e corte de privilégios. Ele aponta como prioridades do partido a aprovação da reforma da Previdência já no primeiro semestre e a necessidade de modificações legais para melhorar a segurança pública.

A reforma tributária e a reforma política com extinção do Fundo Partidário também estão na pauta do partido.

Van Hattem é formado em Relações Internacionais e tem mestrados em Ciência Política e em Jornalismo, Mídia e Globalização. Ele já foi vereador e deputado estadual e, assim que chegou à Câmara dos Deputados, concorreu para a Presidência da Casa. Na eleição vencida por Rodrigo Maia, o líder do Novo recebeu 23 votos e ficou em quinto lugar.

O estreante partido Novo foi fundado em 2015 e elegeu, no ano passado, sua primeira bancada para a Câmara, com oito representantes. Segundo a página da internet do próprio partido, a legenda foi iniciada por um grupo de cidadãos que estavam insatisfeitos com o montante de impostos pagos e a qualidade dos serviços públicos recebidos. Nesse grupo havia, entre outros, administradores, engenheiros, estudantes e advogados.

Entre as defesas do Novo estão mais autonomia e liberdade do indivíduo, redução das áreas de atuação do Estado, diminuição da carga tributária e melhoria na qualidade dos serviços essenciais, como saúde, segurança e educação.

Confira trechos de entrevista concedida pelo líder do Novo:

Como será a atuação da bancada do Novo na Câmara dos Deputados?
O partido tem um foco muito grande na transparência. Antes mesmo de começar, fizemos um processo seletivo para que nós pudéssemos, de uma forma muito aberta, trazer tanto pessoas interessadas de fora da Câmara para trabalhar na nossa liderança partidária como também aqueles excelentes profissionais que a Câmara possui para nos assessorar. Além disso, nós também acreditamos muito em corte de gastos, corte de privilégios. Nós, como bancada, decidimos que não vamos contratar mais que metade dos assessores a que teríamos direito nos gabinetes. Assim a gente dá o nosso exemplo, buscando que outros deem seus exemplos.

Com relação à pauta legislativa, quais são as prioridades?
Nós temos uma série de prioridades que vão muito em consonância com aquilo que está propondo o próprio governo. A reforma da Previdência e a reforma tributária, que são importantíssimas, e a reforma política com extinção do Fundo Partidário, que é uma bandeira do partido Novo. Nós acreditamos que os partidos políticos devem ser mantidos pelos seus filiados e não pelo dinheiro que deveria ir para segurança, saúde e educação.