fbpx
23 C
Porto Velho
quarta-feira, 21 agosto 2019, 01:33
Site de apostas
Site de apostas
Site de apostas

A estreia de Urubatão

Guilherme Guarche e Gabriel Santana, do Centro de Memória




Contratado por meio milhão de cruzeiros para reforçar o time para o “Campeonato do IV Centenário”, o carioca Urubatão Calvo Nunes, ou apenas Urubatão, veio do Bonsucesso para o Campeonato Paulista de 1954, o do quarto centenário da cidade de São Paulo.

Apresentado como “um jovem médio que atuava bem em qualquer posição da defesa”, Urubatão estreou no Santos em 12 de fevereiro de 1954, aos 22 anos e 10 meses. Naquela sexta-feira o Santos fez um amistoso contra o Guarani, na Vila Belmiro, e venceu por 3 a 2, com dois gols de Álvaro e um de Hugo.

Naquela partida o técnico italiano Giuseppe Ottina escalou o Alvinegro Praiano com Luiz, Hélvio e Cássio (Feijó); Urubatão, Formiga e Zito; Boca, Naldo, Álvaro, Hugo (Antoninho) e Tite.

Jogador sóbrio, mas firme, Urubatão chegou a ser convocado para as seleções Paulista e Brasileira. Defendeu o Santos de 1954 a 1961, participando de 322 jogos e marcando 29 gols. Foi quatro vezes campeão paulista – em 1955/56/58/60 – e também do Torneio Rio-São Paulo em 1959.

Em 1961 Urubatão saiu do Santos para jogar no México. Mais tarde voltaria como técnico e dirigiria o Alvinegro Praiano em 26 partidas, obtendo 13 vitórias, seis empates e sete derrotas. Ele faleceu aos 79 anos, em Santos, em 24 de setembro de 2010.

Últimas notícias: