fbpx
27 C
Porto Velho
sábado, 24 agosto 2019, 21:25
Site de apostas
Site de apostas
Site de apostas

Socioeducandos participam do projeto “Se a vida ensina, eu sou aprendiz”.

Na segunda-feira (11), a Escola de Magistratura do Estado de Rondônia (Emeron) e o Poder Judiciário do Estado de Rondônia, por meio da Coordenadoria da Infância e da Juventude (CIJ), realizaram a solenidade de abertura da 2ª turma do projeto “Se a vida ensina, eu sou aprendiz”, uma iniciativa de responsabilidade social que tem como finalidade oferecer educação profissionalizante e noções de cidadania aos adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas da Fundação Estadual de Atendimento Socioeducativo (Fease).




“Reforçamos o nosso pacto de responsabilidade de todos os participantes deste projeto, mas vale destacar como vocês, adolescentes, são importantes. A atitude diária de vocês, a participação e a responsabilidade para a manutenção do projeto são imprescindíveis. É muito gratificante desenvolvermos este trabalho, tanto com a participação dos executores da escola, dos socioeducadores e da família” declarou Ilma Brito, diretora do Departamento Pedagógico da Emeron.

“Nós acreditamos em vocês, ainda que vocês não acreditem. Se estão privados de sua liberdade é que algo grave vocês fizeram. Acreditamos que vocês podem refletir no que fizeram e traçar um novo caminho”, incentiva o vice-diretor da Emeron, Guilherme Baldan.

“O nosso desejo é de que vocês obtenham sucesso, não somente iniciando no projeto, mas, sobretudo, concluindo-o com êxito, pois a nossa vida profissional é muito importante. Este projeto certamente contribuirá muito à vida de cada um de vocês, mais uma vez desejo a todos sucesso”, disse a secretária de gabinete da Fease, Beatriz de Souza Morais.

“O projeto proporcionará palestras com médicos, juízes, aulas de informática, de xadrez e muito mais”, acrescenta Baldan. O Titular do Juizado da Infância e da Juventude, Juiz Marcelo Tramontini, aproveitou para expandir o convite aos socioeducadores da Fease para participar futuramente de capacitações que serão oferecidas pela Emeron.

SOBRE A EMERON

A Escola de Magistrado do Estado de Rondônia, localizada na Rua Tabajara, 834, Bairro Olaria, Porto Velho, tem como objetivos oportunizar aos juízes formação, atualização, aperfeiçoamento e especialização. Preparar doutrinária e tecnicamente, além disso oferecer aos servidores da Justiça aprimoramento funcional contínuo. Atualmente,  o Estado conta com 150 juízes e três mil servidores, aos quais são ministrados periodicamente cursos de atualizações.

Leia mais:

Remodelagem do sistema socioeducativo em Rondônia foi apresentada pelo governo aos servidores da Fease na capital

Últimas notícias: