fbpx
26 C
Porto Velho
sexta-feira, 26 abril 2019, 09:52

Em Campinas, São Paulo é derrotado pela Ponte Preta – SPFC

O São Paulo foi derrotado pela Ponte Preta por 1 a 0 neste sábado (9), no Estádio Moisés Lucarelli, em duelo válido pela sexta rodada do Campeonato Paulista – o gol solitário da partida foi marcado por Hugo Cabral, no segundo tempo.




Apesar do tropeço, o Tricolor se manteve na liderança do Grupo D, com nove pontos. Após o confronto deste final de semana, a equipe retomará a disputa na Copa Libertadores: na próxima quarta-feira (13), às 21h30, no Morumbi, receberá o Talleres-ARG para o decisivo jogo de volta.

Para encarar os campineiros, o técnico André Jardine não contou com Anderson Martins (tendinite no joelho direito), Hudson (suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo), Liziero (trauma entorse no tornozelo direito), Jucilei (desconforto muscular), Luan e Igor Gomes (ambos com a Seleção Brasileira no Sul-Americano Sub-20, no Chile), Rojas (cirurgia no joelho direito) e Brenner (lesão na coxa esquerda).

Já Bruno Peres (titular em sete dos oito jogos na temporada) e Pablo (liberado para conhecer o primeiro filho, Enrico, no Paraná) não foram relacionados por opção da comissão técnica. Assim, o time foi escalado com Volpi; Araruna, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Willian Farias, Hernanes e Nene; Antony, Gonzalo e Everton.

Já o adversário atuou com Ivan; Arnaldo, Renan Fonseca, Reginaldo e Diego Renan; Nathan, Igor Henrique, Matheus Oliveira, Matheus Vargas e Gerson Magrão; Thalles. A primeira etapa, com o forte calor da capital paulista, não teve grandes oportunidades, apesar da vontade das duas equipes.

Na volta para o segundo tempo, o Tricolor seguiu com dificuldades para criar no campo de ataque, e então o comandante promoveu alterações para tentar dar novo ânimo ao time: entraram Igor Vinícius, Diego Souza e Biro Biro (estreante) nas vagas de Hernanes (que saiu seguindo a programação da comissão técnica), Gonzalo e Everton.

Apesar das mudanças, o São Paulo não conseguiu reagir e sofreu o gol aos 32 minutos do segundo tempo: Hugo Cabral aproveitou cobrança de escanteio para anotar o tento solitário da partida. 1 a 0.

Últimas notícias: