fbpx
25 C
Porto Velho
sábado, 25 maio 2019, 04:56

‘BBB 19’: confira todas as polêmicas que já rolaram no reality show em 2019

A 19ª edição do ‘Big Brother Brasil’ está cheia de polêmicas. Espectadores acusam participantes de racismo, intolerância religiosa, homofobia e outros tipos de preconceito, gerando até mesmo a abertura de um inquérito policial.




Já com o programa em andamento, Vanderson chegou a ser retirado da casa após acusações de estupro, agressão física e importunação ao pudor.

Confira a seguir as principais polêmicas do ‘BBB 19’:

Acusações de agressão

Vanderson foi desclassificado do ‘BBB 19’ após ser intimado para depor em uma delegacia no Rio de Janeiro. Três mulheres que afirmavam ter se relacionado com ele no passado fizeram acusações de estupro, agressão física e importunação ofensiva ao pudor.

bbb vanderson

Ao sair da casa, afirmou: “Sei que rolaram algumas histórias estranhas, mas isso é bobagem, né? Cada um fala o que quer, mas só existe uma verdade na vida. As verdades surgirão. […] Mentira não passa”.

Maus tratos aos animais e zoofilia

“Já viu gato? Você coloca um adesivo do lado aqui no gato e ele fica andando assim [gesticula enquanto ri]. Nunca fez isso? Já amarrou bombinha no rabo dele?”, questionou Maycon aos colegas de confinamento. Diante das reações negativas, afirmou que eles “não tiveram infância”. A declaração foi vista como uma suposta crueldade com os animais e até mesmo uma campanha para sua eliminação por parte de Luisa Mell.

maycon

Maycon também entrou em outra polêmica envolvendo animais. A participante Hana criticou-o após um relato em tom de brincadeira de que ele teria perdido sua virgindade com um animal: “Não acho que é brincadeira, não. Acho isso bem sério. É horrível, você transar com animal é muito escroto, é violar os direitos dos animais. […] O negócio de ter estuprado vaca, boi, galinha…. Isso é uma coisa que, tipo, ainda acontece muito no Brasil, é cultural, mas é aquela coisa… Isso é nojento. […] Falar desse jeito, rindo, e achando máximo… Não tem a menor noção. Zoofilia isso. Isso é sério”.

Veja também: Emoção: Lucio Mauro Filho relembra última conversa com Caio Junqueira

‘Faveladão’

paula bbb

Ao contar a história de uma amiga que teria sido esfaqueada, a participante Paula foi acusada de ser preconceituosa ao falar sobre a aparência do autor do crime: “Eu pensei que ia chegar o maior ‘faveladão’ lá, né? Quando vi, o cara era branquinho, morou não sei quanto tempo na Austrália, no Canadá, não sei…”

Acusação de homofobia

“Sabe o que eu acho massa se o cara é gay? Ele pode ser, não sou nem um pouco preconceituoso quanto a isso. O que não gosto é aqueles caras gays chatos, que ficam tipo escandaloso, chega no lugar… Se o cara é ou não é, mas se é na dele, total, pouco importa quem ele é. Mas essas pessoas que querem aparecer na frente dos outros, eu não tenho paciência”, afirmou Diego durante uma conversa com Paula e Hariany.

Acusações de racismo

Durante uma conversa sobre a cantora Iza, um comentário despretensioso de Elana acabou gerando uma discussão entre os participantes. “Ô negra linda. Linda, linda, linda”, disse a piauiense.

Rodrigo rebateu: “Vou te falar uma coisa: ‘negra linda’ é redundância. Fica a dica. Pensa”. Gabriela complementou: “A ‘mulher’ linda. Você já falou ‘que branca linda’?” Elana se mostrou desconfortável com a discussão: “Eu tenho medo de falar perto de vocês…” “Não é medo! A gente tá te ensinando”, prosseguiu Gabriela.

bbb

Durante outra conversa, Paula comentou: “Eu também tenho cabelo ruim”. Gabriela não gostou: “Não fala isso! Ruim é preconceito, cabelo, não”.

Veja também: Anos depois, Fani Pacheco revela quanto dinheiro ganhava após o BBB

“É mania, né? Não existe… Mas quando tem umas dobrinhas assim, a gente já fala…”, justificou Paula, antes que a colega encerrasse: “É, mas a gente precisa mudar isso”. Posteriormente, Gabriela também conversou com Elana por conta do uso do mesmo termo.

Ainda, em conversa com Diego, Maycon falou sobre a reação que teve quando viu Rodrigo e Gabriela, que são negros, ouvindo a música ‘Identidade’, de Jorge Aragão, durante uma festa: “Tava nessa cadeira, e tava o Rodrigo e a Gabi. […] De repente senti um arrepio, começou a tocar umas músicas esquisitas, tá ligado? Aí olhei pros dois, tipo, num sincronismo legal. Achei legal, juro por Deus. De repente comecei a olhar, escutar uns negócios… Tipo assim: ‘Não faça igual a eles’. Aí veio Jesus Cristo em minha mente. Não pra aqui, pra vida inteira. ‘Se você fizer igual a eles, eles ganham mais força’”.

Intolerância religiosa

Em conversa posterior, desta vez entre Maycon, Paula e Hariany, diversos internautas também apontaram intolerância religiosa. “Respeito a religião, respeito todas. Mas eu tenho certo medo. Porque já aconteceu muitas coisas comigo. […] Fecharam os olhos, começou a tocar essas músicas e tal. Aí ela pegou e fez assim [gesticula]. Aí olhei pro lado. Olhei pro outro. Começou a ventar. Na hora começou a vir um monte de voz falando uns negócios pra mim. É porque acho que tava um pouco bêbado, e quando a gente tá bêbado, a gente fica mais vulnerável”, relatou Maycon.

Veja também: Marcelo Adnet revela ter chorado por causa do fim do ‘Tá no Ar’

bbb

“Falaram pra mim nem fumar o cigarro da Gabi, pra você ter ideia. Não aceita nem o cigarro”, continuou, ao que foi respondido por Paula: “Os ‘treco’ adora cigarro e fuma pra c***, ela fuma pra c***. […] Não vou falar o nome desse espírito aí, mas a pessoa dá a oferenda, que é cigarro pra eles…”.

Por fim, Maycon finalizou: “Esse tipo de pessoa sempre entra em conflito comigo. Toda vez. Sempre, sempre. Eu consegui me curar porque comecei a ir na fundação espírita de São Paulo, Allan Kardec, Chico Xavier, que é uma coisa totalmente diferente”.

Abertura de inquérito

A Delegacia de Crimes Raciais e Intolerância (Decradi) do Rio de Janeiro abriu um inquérito para apurar possíveis casos de racismo no ‘BBB 19’. Os nomes dos participantes envolvidos nas denúncias, porém, não foram divulgados.

Desclassificação por patrocínio

fábio alano

O lutador Fábio Kamikase chegou a ser anunciado como um dos escolhidos para o ‘BBB 19’ e teve vinhetas divulgadas na programação da emissora. Porém, o fato de ter omitido que era patrocinado por uma marca à produção da Globo fez com que fosse desclassificado três dias antes da estreia do programa.

BBB 19: Polícia Civil também vai investigar Maycon por crueldade animal

Comente com o Facebook

Últimas notícias: