fbpx
31 C
Porto Velho
domingo, 26 maio 2019, 19:03

Alex apoia criação de grupo Ariquemes Empreende para geração de emprego e renda

O deputado Alex Redano (PRB) participou, em Ariquemes, de reunião conjunta com autoridades locais para debater propostas visando a geração de empregos, atração de novos investimentos e o incentivo ao comércio local. O evento contou com a participação do prefeito de Ariquemes, Thiago Flores (PMDB), vice-prefeito Lucas Follador, deputado Adelino Follador (DEM), presidente da Associação Comercial e Industrial (ACIA), Hidalgo Farina e os vereadores Loro da SUCAM, Natan Lima, Capitão Levi e Zul PinheirO.

O debate levou em consideração o alto índice de desemprego na região e a proposta de criar mecanismos na geração de empregos e renda no Vale do Jamari. Alex Redano fez questão de enfatizar que o desemprego ainda assombra as famílias e tira o sono de muita gente. “Ter um salário no fim do mês, é ter dignidade e a falta de emprego na nossa cidade e região limita o cotidiano das pessoas. Além disso, enfraquece o comércio e consequentemente a economia, ” destacou.

Entre os temas abordados, as autoridades anunciaram a criação de uma comissão chamada “Ariquemes Empreende”, que vai tratar de assuntos mais imediatos, como a construção do aeroporto de Ariquemes, a liberação de licenças ambientais para a atividade rural e a necessidade de reparos nas estradas que cortam o município.

Redano apoiou a criação do grupo e elogiou os temas inicialmente escolhidos. “Um aeroporto vai facilitar e instalação de grandes empresas, nosso agronegócio gira em torno das licenças ambientais, e tratar esse assunto como prioridade tranquiliza nossos produtores, e as estradas são foco neste momento. Devidos as chuvas, muitas estão em situação precária e outras já sem condições de tráfego”, pontuou.

O parlamentar se colocou à disposição para ajudar no que for preciso para que a geração de emprego seja alavancada. Redano aproveitou para pedir apoio para legalização dos garimpos, “e assim garantir que garimpeiros de pequeno e médio porte possam trabalhar de forma legal”.

Texto: Eláine Maia – DECOM/ALE

Fotos: Assessoria

Últimas notícias: