fbpx
27 C
Porto Velho
quarta-feira, 18 setembro 2019, 01:25
Site de apostas
Site de apostas

Casas para Alugar: achar o inquilino ideal

Encontrar um bom inquilino não é uma tarefa tão simples assim, requer tempo e paciência para que tudo dê certo e não surjam problemas no futuro. Mas para a tranquilidade dos proprietários de casas para alugar, existem alguns passos fundamentais que vale a pena entender e fazer!

Mas, onde encontrar casas para alugar é mais fácil que achar o inquilino ideal? Nem tudo é negativo. Existem pessoas boas, honestas, educadas e respeitosas. Não há por que perder a esperança, muito menos o sono! Alugar um imóvel não deve se tornar um pesadelo. Para os donos de apartamentos e casas para alugar, achar aquele inquilino ideal pode levar ao estresse. Então é muito importante saber escolher, para não ter problemas no futuro.

Quem vai alugar uma propriedade deve ter a certeza absoluta de estar assinando o contrato com o inquilino adequado, porque uma vez assinado o contrato, não tem como voltar atrás. É fundamental prestar muita atenção, porque existem pessoas que parecem excelentes pagadores, mas no fundo, não o são.

Por isso, é preciso procurar referências, verificar históricos, ter os antecedentes e organizar um cadastro. São precauções que poderão dar mais tranquilidade na hora da escolha do inquilino.

Casas para alugar: dicas para o proprietário

Encontrar o inquilino perfeito é possível, considerando alguns itens importantes que irão ajudar nessa escolha. Muita calma e serenidade, pois no fim, tudo dará certo se prestar atenção:

– Criar um cadastro = fazer uma ficha de cadastro, com absolutamente todas as informações que o proprietário queira saber, para conhecer bem o provável inquilino do seu imóvel. Na internet é possível encontrar diversos modelos de fichas cadastrais, mas os dez itens mais importantes são:

  1. Nome completo
  2. Endereço atual do candidato a inquilino
  3. Telefone fixo e celular
  4. CPF
  5. Emprego atual
  6. Telefone do emprego
  7. Tempo de trabalho no emprego atual
  8. Renda (deve ser como mínimo três vezes o valor do aluguel que o proprietário estiver solicitando)
  9. Endereço anterior (se era alugado, também nome do proprietário e telefone)
  10. Referências pessoais

Essa ficha de cadastro irá ajudar ao proprietário a escolher aquele inquilino que, tendo uma estabilidade financeira, poderá pagar em dia o aluguel, sem atrasos e sem conflitos.

– Analisar muito bem as referências pessoais do candidato. Este ponto é muito importante. Se o candidato a inquilino já alugou outros imóveis anteriormente, tentar conseguir referências dos proprietários dos imóveis que alugou –se for possível, é claro– .

– Analisar as referências do trabalho atual do candidato e, se possível, de trabalhos anteriores.

– Verificar se o provável inquilino não tem o nome sujo no cadastro de Serasa.

– Através do diálogo, tentar encontrar outras referências que possam complementar a informação que o proprietário já possui.

– Anotar todas as informações na ficha cadastral criada. Isso é fundamental para não perder nenhum dado e poder checar diante de qualquer dúvida.

– Dica muito importante: tudo o que o dono do imóvel consiga de referências do possível inquilino, deve ser o mais atual possível.

– Considerando que quase todas as informações e referências forem perfeitas, sem problemas, e somente uma não estiver ok, o ideal é procurar mais dados sobre esse ponto, para tirar qualquer hesitação quanto à escolha definitiva.

– Perguntar ao candidato a inquilino por que motivo deixou de alugar o imóvel anterior (se ele tiver alugado algum, é claro).

Só telefonar para o empregador do possível inquilino se o proprietário tiver alguma dúvida ou desconfiança em relação a essa pessoa.

– Checar os antecedentes do candidato a inquilino. Nem sempre é necessário, mas se o dono do imóvel tiver alguma dúvida, é uma opção para evitar qualquer tipo de problema futuro.

– Se a casa para alugar estiver perto do lar do proprietário, é importante, por motivo de segurança, entrar na página web da Polícia Federal e conseguir a ficha de antecedentes criminais. Mesmo parecendo desnecessário, é melhor prevenir do que remediar…

– Conseguir também os dados e referências do fiador. Esta pessoa será tão importante quanto o inquilino, pois se houver qualquer tipo de problema com o pagamento por parte do inquilino, o fiador será o responsável pelo valor da mensalidade em atraso do aluguel.

Lembrar sempre que, uma vez assinado o contrato, não tem volta.

Últimas notícias: