fbpx
35 C
Porto Velho
segunda-feira, 19 agosto 2019, 17:22
Site de apostas
Site de apostas
Site de apostas

Arthur comemora estreia com gol; Felipão deixa em aberto possibildade dele ser titular na volta | Palmeiras

Com Borja em má fase e ainda sem Deyverson, treinador pode dar chance ao centroavante iniciar jogando na terça-feira.

DivulgacaoInscrito no estadual apenas para a fase de mata-mata, o atacante Arthur Cabral não demorou a mostrar serviço; após substituir Borja no intervalo do jogo de sábado contra o Novorizontino, o centroavante evitou que o Verdão iniciasse a disputa das quartas de final com derrota.

Após a partida, disputada na casa do adversário, o dono da camisa número 39 falou sobre a estreia. Ele também analisou o resultado projetando o jogo de volta, marcado para terça-feira, no Pacaembu.

“Estou muito feliz. Meu último jogo tinha sido em 2 de dezembro. Voltar a jogar marcando é muito importante e me dá muita confiança nesse meu começo no Palmeiras. Infelizmente não conseguimos a vitória, que era o resultado que queríamos, mas estou satisfeito pelo meu desempenho” disse o jogador.

Arthur ainda completou: “Começou difícil. Ainda tivemos um pênalti que o Prass foi muito feliz e defendeu. Não vamos lamentar esse empate que fomos buscar. Nosso time foi muito guerreiro e esse resultado para decidir em casa é importante para a gente”.

Aprovado: a estreia de Arhur Cabral também foi tema da entrevista coletiva que o técnico Ricardo Goulart concedeu após o jogo; Felipão gostou do que viu: “Ele é jovem, promissor e tem condições de mostrar o motivo de ter vindo, foi o que aconteceu. Ele teve a oportunidade e fez o gol. Ele trabalhou para isso e continuará trabalhando para melhorar em alguns aspectos e ser útil ao Palmeiras”.

Ao ser perguntado se o centroavante pode ser titular no jogo de volta, por ainda não ter Deyverson à disposição mas principalmente pela má fase de Borja, Scolari não confirmou mas também não negou: “Não sei se vou estar vivo terça-feira para dizer alguma coisa. Até lá tudo pode acontecer” concluiu.

Últimas notícias: