fbpx
24 C
Porto Velho
sábado, 25 maio 2019, 07:28

Dário Berger prega desburocratização e pede união para superar crise

O senador Dário Berger (MDB-SC) afirmou nesta quinta-feira (4) que o Brasil precisa da união de todos para enfrentar os tempos difíceis e as crises que impedem o desenvolvimento do país. A crise econômica, política e ética, como observou o parlamentar, contribuem para a formação de um clima de pessimismo.




Para ele, os interesses nacionais requerem de todos, e especialmente do poder público, um comportamento diferente, uma atuação de forma integrada, harmônica e rápida. Caso contrário, como avaliou, o Brasil continuará sendo uma promessa de desenvolvimento, harmonia e justiça social.

Dário criticou ainda o excesso de leis, normas e portarias. Esse grande número de normas gera decisões desconexas e divergentes e só dificulta o desenvolvimento do país, segundo o senador.

— E nesse cenário se instala a insegurança jurídica, os investimentos não aparecem, o desemprego aumenta, o Brasil entra numa depressão coletiva jamais vista na história do país do futuro — observou o senador, para quem um dos graves problemas que retardam ou inviabilizam os investimentos na infraestrutura do país é o excesso de burocracia, que interfere nos processos administrativos e paralisa o Estado.

O senador também criticou o populismo, dizendo que “amar o Brasil é protegê-lo dos demagogos, dos falsos democratas, dos parasitas, dos responsáveis pelo atraso, dos chupins da República”.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Últimas notícias: