fbpx
25 C
Porto Velho
quarta-feira, 17 julho 2019, 01:05
Governo de Rondônia
Site de apostas
Site de apostas

Jogadores do Vasco admitem falta de ‘vibração’ no 1º jogo da final do Estadual

Apatia e melhor organização adversária podem ser o diagnóstico da derrota do Vasco no primeiro jogo da final do Campeonato Carioca. Essa não é a análise de dois repórteres que assistiram ao jogo do lado de fora do campo, mas sim a opinião de dois jogadores que estiveram dentro das quatro linhas.

O 2 a 0 para o Flamengo deixa o Cruz-Maltino com uma distância considerável, principalmente se for levado em consideração o que o time mostrou no último domingo. Apagado em boa parte do jogo, Pikachu saiu de campo dizendo que os jogadores precisam entrar com uma postura diferente e depois de passar pelo vestiário e aparecer na zona mista, concordou com uma pergunta sobre falta de vibração dentro de campo.

– Faltou sim (vibração), isso foi uma cobrança nossa no vestiário. Em um jogo como esse, nós temos que entrar mais acessos, mais ligados. São esses detalhes que decidem. Temos que fazer uma reflexão do que faltou. Cada um tem que olhar o que fez de errado, o que pode dar mais para que no domingo não falte e que a gente possa entrar mais ligado ainda para conseguir reverter esse resultado.

Apesar da falta de vibração citada por Pikachu, Werley enxerga que não faltou energia. Para o zagueiro, o problema é que a movimentação do ataque do Flamengo confundiu a defesa vascaína. Tanto que, segundo ele, a quilometragem percorrida pelo Vasco foi a mesma de outras partidas.

– Não, vontade nunca vai faltar no nosso time. Hoje nós corremos, mas corremos errado. Se você for pegar os números, eu tenho certeza que a quantidade de metros é a mesma de outros jogos. Mas o Flamengo gerou muita dificuldade, a gente não conseguia achar os jogadores. Eles aglomeravam muito o meio, vinham para o meio e a profundidade eles deixavam para os laterais. E isso gerou muita dificuldade. São jogadores técnicos, então é difícil você marcar, ainda mais tendo cinco jogadores no meio.

Fonte: GloboEsporte.com

Últimas notícias: