fbpx
25 C
Porto Velho
sexta-feira, 23 agosto 2019, 09:18
Site de apostas
Site de apostas
Site de apostas

Confira a audiência do 1º jogo da final do Estadual em várias cidades do Brasil

O fim de semana com os jogos de ida das finais dos campeonatos estaduais de 2019 rendeu uma audiência massiva para a Rede Globo. Considerando as 15 regiões metropolitanas analisadas pela Kantar Ibope Media, a média de audiência na tevê foi de 33,3 pontos, liderando a lista semanal do instituto – posto geralmente ocupado pela novela das 9. Na tarde de domingo, o futebol teve um índice de 15,9 milhões de telespectadores. Considerando o dado absoluto, o número de pessoas impactadas ao longo da programação de 90 minutos chegou a 28,2 milhões. É muita coisa.

Das 15 praças, 9 ficaram acima dos 30 pontos – com destaque para o Gre-Nal, líder, já passando de 40. No Recife, o Clássico dos Clássicos nos Aflitos registrou quase 35 pontos, sendo a maior audiência do futebol local nesta temporada. Se neste ranking ficou em 7º lugar, nos outros dois cenários mensurados, considerando a quantidade telespectadores (com o tamanho da cidade fazendo diferença), a capital pernambucano subiu para a 5ª posição.

No caso, a RMR só ficou abaixo dos quatro principais centros do futebol nacional (SP, RJ, MG e RS). Ao todo, mais de 1,1 milhão de pessoas assistiram à transmissão da Globo Nordeste por algum instante. A cada 100 aparelhos ligados, 60 estavam sintonizados na partida vencida pelo leão – o “share” foi de 60,1%. No Nordeste, destaque ainda para o Clássico-Rei, também com mais de 1 milhão de pessoas. O contraste fica por conta de Salvador. Mesmo com o Bahia atuando fora, em Feira de Santana, a média não foi boa, com a 13ª colocação – já no cenário absoluto, o cenário melhora, com a 9ª colocação, embora abaixo do potencial.

Obs. O blog continuará com publicações semelhantes sempre que for possível mensurar os dados de audiência futebolística na televisão aberta nos 15 mercados, através do Ibope.

Audiência média em pontos (14/04/2019)

1º) 42,1 – Porto Alegre (Internacional 0 x 0 Grêmio)
2º) 40,9 – Manaus (Vasco 0 x 2 Flamengo)
3º) 39,2 – Belo Horizonte (Cruzeiro 2 x 1 Atlético-MG)
4º) 36,6 – São Paulo (São Paulo 0 x 0 Corinthians)
5º) 35,9 – Fortaleza (Fortaleza 2 x 0 Ceará)
6º) 35,3 – Vitória (Vasco 0 x 2 Flamengo)
7º) 34,7 – Recife (Náutico 0 x 1 Sport)
8º) 34,6 – Rio de Janeiro (Vasco 0 x 2 Flamengo)
9º) 32,4 – Campinas (São Paulo 0 x 0 Corinthians)
10º) 27,4 – Brasília (Vasco 0 x 2 Flamengo)
11º) 21,6 – Florianópolis (Chapecoense 1 x 0 Figueirense)
12º) 21,3 – Belém (Vasco 0 x 2 Flamengo)
13º) 19,4 – Salvador (Bahia de Feira 1 x 1 Bahia)
14º) 18,9 – Curitiba (Toledo 1 x 0 Atlético-PR)
15º) 18,6 – Goiânia (Atlético-GO 3 x 0 Goiás)

Média de telespectadores por minuto (14/04/2019)

1º) 3,495 milhões – São Paulo (São Paulo 0 x 0 Corinthians)
2º) 2,190 milhões – Rio de Janeiro (Vasco 0 x 2 Flamengo)
3º) 982 mil – Belo Horizonte (Cruzeiro 2 x 1 Atlético-MG)
4º) 847 mil – Porto Alegre (Internacional 0 x 0 Grêmio)
5º) 583 mil – Recife (Náutico 0 x 1 Sport)
6º) 541 mil – Fortaleza (Fortaleza 2 x 0 Ceará)
7º) 357 mil – Manaus (Vasco 0 x 2 Flamengo)
8º) 338 mil – Campinas (São Paulo 0 x 0 Corinthians)
9º) 327 mil – Brasília (Vasco 0 x 2 Flamengo)
10º) 310 mil – Salvador (Bahia de Feira 1 x 1 Bahia)
11º) 293 mil – Vitória (Vasco 0 x 2 Flamengo)
12º) 266 mil – Curitiba (Toledo 1 x 0 Atlético-PR)
13º) 201 mil – Goiânia (Atlético-GO 3 x 0 Goiás)
14º) 199 mil – Belém (Vasco 0 x 2 Flamengo)
15º) 122 mil – Florianópolis (Chapecoense 1 x 0 Figueirense)

Nº de telespectadores diferentes alcançados (14/04/2019)

1º) 5,812 milhões – São Paulo (São Paulo 0 x 0 Corinthians)
2º) 3,605 milhões – Rio de Janeiro (Vasco 0 x 2 Flamengo)
3º) 1,623 milhão – Belo Horizonte (Cruzeiro 2 x 1 Atlético-MG)
4º) 1,346 milhão – Porto Alegre (Internacional 0 x 0 Grêmio)
5º) 1,119 milhão – Recife (Náutico 0 x 1 Sport)
6º) 1,068 milhão – Fortaleza (Fortaleza 2 x 0 Ceará)
7º) 713 mil – Salvador (Bahia de Feira 1 x 1 Bahia)
8º) 688 mil – Curitiba (Toledo 1 x 0 Atlético-PR)
9º) 620 mil – Campinas (São Paulo 0 x 0 Corinthians)
10º) 616 mil – Brasília (Vasco 0 x 2 Flamengo)
11º) 571 mil – Manaus (Vasco 0 x 2 Flamengo)
12º) 535 mil – Vitória (Vasco 0 x 2 Flamengo)
13º) 534 mil – Belém (Vasco 0 x 2 Flamengo)
14º) 453 mil – Goiânia (Atlético-GO 3 x 0 Goiás)
15º) 252 mil – Florianópolis (Chapecoense 1 x 0 Figueirense)

Fonte: Blog do Cassio Zirpoli

Últimas notícias: