fbpx
24.7 C
Porto Velho
sexta-feira, 24 maio 2019, 08:58

Eduardo Costa é condenado pela Justiça após xingar Fernanda Lima de ‘imbecil’

O cantor Eduardo Costa foi condenado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, que o julgou culpado pelos crimes de injúria, calúnia e difamação. O processo foi movido pela apresentadora Fernanda Lima, após ter sido xingada de “imbecil”, entre outros ataques, pelo sertanejo nas redes sociais.




A resolução do órgão prevê que o cantor cumpra uma pena de prestação de 50 horas de serviços comunitários, que devem ser realizados dentro do período de um mês. As informações são do colunista Ancelmo Góis, do jornal ‘O Globo’.

Relembre o caso

A confusão entre Fernanda Lima e Eduardo Costa começou após a apresentadora fazer um discurso incisivo sobre o conservadorismo durante o ‘Amor & Sexo’ que foi ao ar em 6 de novembro de 2018.

“Chamam de louca a mulher que desafia as regras e não se conforma. Chamam de louca a mulher cheia de erotismo, de vida e de tesão. Chama de louca a mulher que resiste e não desiste. Chamam de louca a mulher que diz sim e diz não. Não importa o que façamos, nos chamam de louca. Se levamos fama, vamos sim deitar na cama. Vamos sabotar as engrenagens desse sistema de opressão. Vamos sabotar as engrenagens desse sistema homofóbico, racista, patriarcal, machista e misógino. Vamos jogar na fogueira as camisas de forças da submissão, da tirania e da repressão. Vamos libertar todas nós e todos vocês. Nossa luta está apenas começando”, afirmou ela, na ocasião.

Fernanda Lima foi chamada de “imbecil” por Eduardo Costa, que também disse que ela “só faz programa pra maconheiro, pra bandido, pra esquerdista derrotado e pra esses projetos de artista, assim como ela”. O cantor ainda afirmou: “a mamata vai acabar, a corda sempre arrebenta pro lado mais fraco e o lado mais fraco hoje é o que ela está”.

Veja também: Quebra de protocolo: Tiago Abravanel surpreende ao citar Silvio Santos na Globo

Posteriormente, Eduardo Costa voltou atrás e pediu desculpas. No dia 30 de novembro, o cantor foi entrevistado pelo ‘Conversa com Bial’, da Globo, mesma emissora em que Fernanda trabalha, e pediu desculpas por meio de um vídeo.

“Eu acabei entrando nas minhas redes sociais e falando pelos cotovelos. Continuo pensando da mesma forma, não retiro o que eu disse, mas quero me retratar da forma como eu disse, jeito que me coloquei. Acho que eu poderia ter sido um cara mais brando, mais tranquilo. Mas com a mesma coragem que eu tenho pra falar e pra expor minhas opiniões, quero ter essa coragem de vir aqui no seu programa e pedir desculpas pra Fernanda Lima, pra família da Fernanda Lima, para o marido dela, os filhos, para os amigos, os fãs que ela tem no Brasil inteiro – inclusive eu sou um grande dela. Me arrependo profundamente, acho que fui um babaca naquele momento ali”, explicou ele.

Leia mais:

Fernanda Lima explica por que processou Eduardo Costa: ‘inibir agressões’

Comente com o Facebook

Últimas notícias: