fbpx
30 C
Porto Velho
quarta-feira, 21 agosto 2019, 11:57
Site de apostas
Site de apostas
Site de apostas

Governo entrega alimentos do PAA às famílias desabrigadas pela enchente em Cajari – Maranhão

imagem18-04-2019-23-04-15

imagem18-04-2019-23-04-18

Maria de Jesus recebe alimentos do PAA ((Foto: Samara Andrade)




A Baixada Maranhense apresenta uma das paisagens mais belas do estado, formada pelo conjunto de rios e lagos. No período chuvoso, quando os campos ficam cheios, proporciona fartura para os produtores. Mas, neste ano de 2019, as chuvas estão rigorosas e no lugar de fartura o que se tem visto é o caos em vários municípios que tiveram vias públicas e residências invadidas pela elevação do nível da água dos campos.

Em Cajari, mais de cem famílias encontram-se abrigadas em escolas por ter tido suas casas tomadas pela água, causando transtornos financeiros com a perda de móveis e eletrodomésticos. Outros moradores, elevaram o piso das residências com madeira à quase meio metro do nível da água.

A Secretaria de Estado da Agricultura Familiar, a Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural e a equipe técnica do Plano Mais IDH realizaram nesta quarta-feira (17), no município, entrega de alimentos do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) aos moradores desabrigados e afetados pelos alagamentos. A ação contou com parceria da Prefeitura, por intermédio das Secretarias Municipais de Agricultura e Assistência Social.

Devido à cheia dos campos, a principal via de acesso entre a sede do município e a zona rural foi completamente inundada, afetando o dia a dia de moradores e agricultores que tinham a estrada como principal caminho para a cidade. Os agricultores familiares atendidos pelo Plano Mais IDH, que comercializam sua produção ao PAA, tiveram que usar a canoa para transportar os produtos que foram doados às famílias desabrigadas.

imagem18-04-2019-23-04-20

Agricultora Maria Joana levando alimentos na canoa para famílias desabrigadas (Foto: Samara Andrade)

Não medindo esforços, Maria Joana, agricultora familiar do povoado Cavaleiro, à 5km da cidade, atravessou o lago de canoa levando sua produção para ajudar quem precisa na cidade. Com as fortes chuvas, Joana perdeu parte da produção e o pouco que cultivou vai para a mesa de dezenas de desamparados. “A gente tem o costume de vir por terra e hoje estamos entregando estes alimentos pela água. Eu fico emocionada em ver que nós, pequenos agricultores, estamos contribuindo para o bem destas famílias que estão em escolas e sem conforto. É prazeroso entregar estes alimentos, mesmo correndo risco de a canoa virar por causa do lago cheio”, falou a agricultora.

Do povoado Ladeira, o piscicultor Gilmar de Abreu também enfrentou os campos alagados de Cajari para entregar mais de 500kg de peixes da espécie Tambatinga. Esta foi a primeira entrega ao PAA do piscicultor e que irá direto para o prato dos cajarienses atingidos pelos alagamentos. “As dificuldades nesse período são grandes, e a gente se sente satisfeito por ajudar na alimentação destas famílias e é muito importante ter quem ajude neste momento difícil,” disse.

imagem18-04-2019-23-04-21

Seu Gilmar fornece peixes para alimentação de desabrigados ((Foto: Samara Andrade).

Jose Maria Gonçalves, técnico do Mais IDH, destacou a iniciativa do Plano no município. “Hoje estamos vendo a situação de famílias desabrigadas pelos alagamentos, e achamos necessário realizar a entrega dos alimentos do PAA às famílias do Centro de Referência de Assistência Social que vivem em situação de vulnerabilidade social e também famílias da zona rural que foram desabrigadas.”

As escolas de Cajari viraram abrigo para famílias, como dona Maria de Jesus, moradora de uma rua que foi tomada pela água e perdeu vários móveis quando a água invadiu sua casa. A moradora recebeu alimentos do PAA.“Consegui salvar geladeira, colchão, mas as outras coisas ficaram dentro da água. Quando começou a inundar a casa, a água já estava pelo joelho e perdi estante, camas, guarda-roupas e que não serviram mais pra nada.  Eu olho para as coisas que sobraram e choro, mas graças a Deus estamos recebendo ajuda, esse peixe será nosso almoço.”

O secretário de Estado da Agricultura Familiar, Júlio César Mendonça, enfatizou o trabalho do Governo do Estado na região da Baixada com as intensificações de ações de resgate, atendimento, distribuição de mantimentos e água. “A ação executada pela nossa equipe do Mais IDH em Cajari foi de extrema importância, realizada uma corrente de solidariedade, tanto pelos técnicos, quanto os próprios agricultores que vieram nos ajudar nessa força tarefa de auxílio ao próximo. Vamos continuar atuando e ajudando quem precisa,” ressaltou Mendonça.

imagem18-04-2019-23-04-25

Moradores recebem alimentos (Foto: Samara Andrade).

De acordo com a gestora Regional da Agerp de Viana, Janaira Silva Sá, dez anos atrás a cidade passou por algo parecido, mas neste ano está bem preocupante. Uma ação social promovida pela SAF, Agerp e Mais IDH, em parceria com a Prefeitura, está levando ajuda a quem precisa. “A gente percebe a importância da agricultura familiar e do PAA com o fornecimento de produtos vão ajudar na alimentação destas famílias que não sabiam como iriam almoçar. Juntos, Governo do Estado e Prefeitura, estamos fortalecendo vínculos e levando segurança alimentar.”

Comentários

Comentários

Últimas notícias: