fbpx
29 C
Porto Velho
quinta-feira, 23 maio 2019, 13:20

Brasileiro morre em obra de reforma nos EUA

O brasileiro operário da construção civil, Joister Pacheco Ataíde, de 38 anos, natural de Ipatinga (MG), morador em Danbury (CT), faleceu depois que um celeiro centenário desmoronou e caiu sobre ele na quinta-feira (25). O trágico acidente ocorreu na cidade litorânea de Bethany (CT). As informações são do canal de TV local NBC Connecticut e do Brazilian Voice.

Segundo a Polícia Estadual de Connecticut, aproximadamente às 8:42 da manhã, um policial fazia a segurança na reforma do celeiro, localizado na estrada Litchfield Turnpike, quando ouviu um estrondo. Um trabalhador gritava pedindo ajuda para retirar um homem de baixo dos escombros do celeiro que desabou.

O socorro chegou momentos depois com uma ambulância e os Bombeiros, mas a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu. A Polícia Estadual confirmou que Ataíde era um de diversos trabalhadores subcontratados para fazer a reforma no celeiro.

O celeiro que desabou foi construído entre 1900 e 1901. A reforma no local começou em janeiro deste ano e visava fortalecer a estrutura da construção. A imprensa local confirmou que o dono da propriedade tinha documentos do prédio em dia.

Joister deixa a esposa, Lilian Fernandes Silva Pacheco Ataíde, e dois filhos adolescentes, de 11 e 16 anos.

O corpo de Joister deverá ser transportado para o Brasil para ser velado pela família em Ipatinga neste fim de semana.

Campanha beneficente

Na sexta-feira (26), foi iniciada a campanha beneficente no GoFundMe; cujo objetivo é angariar $14 mil. Até a tarde de terça-feira (30) foram arrecadados $11.325.

“No dia 25 de abril, nosso amigo Joister Pacheco, 38 anos, saiu para trabalhar e não voltou mais. O building (celeiro) em que trabalhava em Bethany, CT, desmoronou sobre ele e matando não somente Joister, mas os sonhos e planos de uma família. Marido, amigo e pai (ele) deixa a esposa e dois filhos menores, 11 e 16 anos. Em busca de conquistar os sonhos de vida veio pra América, sempre trabalhando firme proveu o sustento da família”, postou Júnior no GoFundMe.com.


Fonte:ACHEIUSA

Últimas notícias: