fbpx
26 C
Porto Velho
quinta-feira, 23 maio 2019, 00:45

Sede do governo vai funcionar em Ji-Paraná nos dias da Rondônia Rural Show

O Projeto de lei que autoriza a transferência da sede do governo para o município de Ji-Paraná de 22 a 25 de maio, período de realização da Feira Internacional Rondônia Rural Show foi aprovado nesta terça-feira (7), no plenário da Assembleia Legislativa e será enviado para sanção do Poder Executivo.

Para este ano, dez países e os estados do Acre, Amazonas, Mato Grosso e Roraima estarão presentes no maior evento do agronegócio da região Norte. A Feira já ocupa a oitava posição no ranking dos maiores eventos de agronegócio do Brasil.

Os países que já confirmaram a participação dos seus expositores nos quatro dias de realização de negócios e câmara internacionais são o Egito, Estados Unidos, Israel, Chile, China, Itália, AfroChamber, Peru, Bolívia e Namíbia.

No período, a cidade de Ji-Paraná sediará, também, sessões itinerantes da ALE e a Feira Internacional Rondônia Rural Show, sob a responsabilidade da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri).

O governo apresentará aos expositores e visitantes as potencialidades econômicas de Rondônia, que tem no agronegócio a maior fatia da sua economia.

O volume de exportações previsto para fechar 2019 é de 212,2 milhões de toneladas com destaque para soja (127,2 mil toneladas), representando US$ 43,4 milhões, equivalentes a cerca de R$166,3 milhões.

O estado exportou neste período 27,1 mil toneladas de carne, no valor de US$ 80,7 milhões, o que representa R$340,8 milhões.

A soja representa 60% da pauta de exportação e junto com a carne totalizam 79% de todo o valor que é negociado no mercado interno. 73% do volume são exportados para o mundo, principalmente para Ásia, China e outros países.

Outra meta de exportação do governo de Rondônia é alcançar agora o Mercado Comum Europeu e Estados Unidos.


Fonte:SECOM



Últimas notícias: