fbpx
25 C
Porto Velho
sexta-feira, 23 agosto 2019, 09:12
Site de apostas
Site de apostas
Site de apostas

Inscrições para o Encceja acontecem de 20 a 31 de maio; exame certifica na educação regular

imagem16-05-2019-17-05-03

Notas da avaliação do Encceja regularizam a situação de alunos do ensino fundamental e médio




A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) através do Núcleo de Avaliação e Resultados Educacionais (Nare) informa a comunidade em geral que as inscrições para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) iniciam no dia 20 e seguem até 31 de maio. As provas serão realizadas no dia 25 de agosto de 2019.

O Exame acontece anualmente e é executado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que aplica as provas nas áreas de Linguagens, Ciências Humanas, Ciências da Natureza e Matemática.

O provão, como é conhecido pelos participantes, é aplicado para os níveis fundamental e médio e certifica pessoas que não tiveram acesso à educação regular na idade própria, conforme informou o coordenador do Núcleo de Resultados Educacionais, Kary Falcão, “que, após aprovação os participantes podem solicitar sua certificação junto à Secretaria de Estado da Educação e nos Institutos Federais (Ifro) em todo Estado podendo assim prosseguir seus estudos”.

De acordo com o coordenador, as provas serão realizadas para toda a população de acordo com cada nível de ensino, conforme a Portaria nº 32 do Inep. No mínimo, 15 anos completos para o Ensino Fundamental, e 18 anos completos para o Ensino Médio. O exame também acontece aos que residem no exterior e às Pessoas Privadas de Liberdade (PPL). Para isso, é importante que os inscritos acompanhem a página do participante no site do Inep.

Kary também informa que os Centros Estaduais de Educação de Jovens e Adultos (Ceejas) de sua cidade também realizarão provas de competência, em edital a ser publicado em breve.

 

Leia mais: 

 Provas do Encceja serão realizadas no próximo domingo

Seduc publica portaria com mais de 50 pessoas privadas de liberdade aprovadas no Enceeja 

Últimas notícias: