fbpx
32 C
Porto Velho
terça-feira, 18 junho 2019, 14:42
Site de apostas
Site de apostas

O dia em que Fried fez um gol pelo Santos

Por Guilherme Guarche, do Centro de Memória




Quando o navio Itapé, que levava a delegação do Santos para jogos em Porto Alegre, encalhou durante 19 horas na Lagoa dos Patos, um dos componentes do grupo santista que mais se divertiu e divertiu aos companheiros foi Artur Friedenreich, o grande astro da fase amadora do futebol brasileiro, que aos 43 anos fora convidado pelo Santos para atuar em terras gaúchas.

E justamente nessa viagem, o “velho Fried”, ou “El Tigre”, marcou o seu único gol com a camisa do Santos, ao cobrar um pênalti na primeira partida do Alvinegro contra o Grêmio, no Estádio da Baixada, Porto Alegre, jogo vencido pelo time gaúcho por 3 a 2. Era um domingo, 19 de maio de 1935.

Escreveu o jornalista Antônio Guenaga, enviado do jornal A Tribuna, que Friedenreich foi aplaudido pela torcida gremista ao marcar o gol de pênalti e chegou a ser carregado nos ombros após a partida.

O primeiro grande ídolo do nosso futebol jogou cinco partidas pelo Santos em toda a carreira. A primeira delas em 9 de fevereiro de 1930, em um amistoso contra o time argentino Tucumán, na Vila Belmiro, que o Santos venceu por 4 a 1.

Retrospecto

Nessa miniexcursão em solo gaúcho o Peixe disputou cinco partidas, com duas vitórias, um empate e duas derrotas, 13 gols marcados e 12 sofridos. Os artilheiros santistas foram: Raul Cabral Guedes (4 gols), Saci (3), Junqueirinha e Mário Seixas (2), Moran e Friedenreich (1). Três jogos foram disputados em Porto Alegre, um em Novo Hamburgo e um em Rio Grande.

Últimas notícias: