fbpx
31 C
Porto Velho
domingo, 25 agosto 2019, 18:25
Site de apostas
Site de apostas
Site de apostas

Agora RN » Aluna esfaqueia colega dentro de escola em Natal; motivação é desconhecida

Publicidade

x fechar anúncio

imagem23-05-2019-03-05-30

Por motivos ainda não esclarecidos, duas jovens estudantes da Escola Municipal Veríssimo de Melo, no bairro de Felipe Camarão, na zona oeste de Natal, tiveram uma briga feia e uma esfaqueou a outra.




Colegas das duas jovens e policiais que estiveram na escola na tarde desta sexta-feira, 17, confirmaram que as duas garotas são rivais e já brigaram pelo menos uma outra vez.

A aluna que esfaqueou foi apreendida por policiais da Companhia Independente de Prevenção ao Uso de Drogas (Cipred), que passavam pelo local na hora da confusão.

A outra foi encaminhada para o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel. Ela levou uma facada na perna, mas não corre risco de morte. A polícia investiga a motivação da briga.

No final da tarde, a Secretaria Municipal de Educação (SME) emitiu nota se posicionando sobre o caso. Confira na íntegra:

NOTA

Sobre o incidente, na tarde desta sexta-feira (17), envolvendo duas estudantes da Escola Municipal Verissimo de Melo, em que uma delas sofreu cortes na perna, a Secretaria Municipal de Educação lamenta o fato e informa que vem trabalhando, na rede pública de ensino da capital, campanhas sistemáticas de combate à violência.

A secretaria tem, inclusive, dedicado atenção especial a programas que visem o desenvolvimento psico-sócio-emocional e afetivo de crianças e jovens da Rede, incluindo a promoção de atividades que despertem interesse dos estudantes para a música, arte, esporte, e investindo no desenvolvimento saudável de seus estudantes.

O órgão municipal enfatiza que seu setor de Segurança relata que a unidade de ensino em questão é uma das bases de apoio da Ronda de Proteção Escolar (Rope), da Guarda Municipal, da zona Oeste de Natal, e que a direção da escola enfatiza que não há histórico de episódio similar envolvendo seus estudantes.

Por fim, a SME observa que está coletando todas as informações junto à Guarda Municipal e Polícias Militar e Civil e acompanhará toda a apuração do ocorrido, dando a devida assistência aos envolvidos e toda a comunidade escolar.

Últimas notícias: