fbpx
32 C
Porto Velho
terça-feira, 18 junho 2019, 14:46
Site de apostas
Site de apostas

Governo lança Missão Empresarial Maranhense à China 2019 na Região Tocantina – Maranhão

imagem23-05-2019-05-05-29

imagem23-05-2019-05-05-31Empresários e representantes de entidades de classe, participaram nesta terça-feira (21), do lançamento da Missão Empresarial Maranhense à China 2019, na Região Tocantina. O evento é realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), em parceria com a Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema) e Associação Comercial e Industrial de Imperatriz (ACII).




A Missão Empresarial visa fomentar uma relação comercial permanente entre empresários maranhenses e outros países, com o foco na importação de equipamentos e artefatos industriais e na exportação de produtos do Maranhão.

“Esta já é a terceira edição da missão empresarial, uma das maiores realizadas no estado. Uma oportunidade de novos negócios e conhecimentos. Aqui em Imperatriz, região que concentra grandes empresas, o evento foi mais uma vez, bem recebido”, destacou o secretário da Seinc, Simplício Araújo.

Nas últimas duas edições da missão, além de negócios prospectados, houve a importação de materiais, como eletrônicos, placas solares e equipamentos industriais.

Durante o lançamento em Imperatriz, os empresários conheceram os roteiros, tiveram dicas referentes a viagem, além de detalhes do processo de inscrição da missão, que será realizada em outubro e inclui visitas técnicas, institucionais e participação em eventos, como a maior feira multissetorial do mundo, a Canton Fair 2019.

O presidente da ACII, Guilherme Maia, frisou que a missão empresarial é de suma importância para os empresários de Imperatriz e região. “A busca de conhecimento, novas tecnologias para o comércio e indústria, novos negócios, importação, e prospecção de negócios futuros para nossa cidade, fortalece a economia da região. Participar de ações como essa, promovidas pela Seinc, promovem avanços na economia local”, disse.

Comentários

Comentários

Últimas notícias: