fbpx
32 C
Porto Velho
terça-feira, 18 junho 2019, 14:42
Site de apostas
Site de apostas

Veneziano critica decretos que ampliam direito a porte de arma

O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB), em discurso nesta quarta-feira (22), criticou os decretos editados pelo presidente Jair Bolsonaro em maio que flexibilizaram o porte de armas (Decreto 9.785, em 7 de maio de 2019 e, duas semanas mais tarde, o Decreto 9.797, de 2019).




Para o senador, diante das críticas da sociedade e das evidentes ilegalidades, o governo editou o novo decreto, publicado nesta quarta-feira (22) no Diário Oficial da União, que praticamente “não muda nada”, “apenas quando diz que vai tirar o direito dos cidadãos de ter um fuzil em suas mãos, de ter carabina, de ter escopeta, de ter espingarda”.

— Os números falam. Nós não precisamos nos valer desse discurso fácil de que a sociedade brasileira está precisando, clamando, cobrando e requerendo armas para se defender. Quando, na verdade, se assim o fizermos nas proporções e pretensões do presidente da República, nós estaremos levando o país a uma carnificina. Eu não tenho dúvidas.

O senador cumprimentou os 14 governadores, incluindo a governadora do Rio Grande do Norte, ex-senadora Fátima Bezerra, que assinaram uma carta em pedindo a revogação do decreto das armas.

Nesta quarta-feira, a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) suspendeu a análise de projetos de decreto legislativo que buscavam sustar o Decreto 9.785, de 2019, já que as regras haviam sido modificadas pelo Palácio no Planalto horas antes pelo novo decreto.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Últimas notícias: