fbpx
28 C
Porto Velho
quinta-feira, 19 setembro 2019, 21:19
Site de apostas
Site de apostas
Site de apostas

Gladson conclama construção civil a ajudar governo na aprovação de novos projetos no setor « Acre

Em reunião com empresários do setor, governador Gladson Cameli pediu para que empresários se irmanem com o governo para alavancar obras por todo o estado




O governador do Estado do Acre, Gladson Cameli pediu a união de todos os empresários da construção civil para que o estado entre definitivamente nos trilhos rumo aos canteiros de obras de médio e de grande portes no estado, gerando emprego e renda em massa para milhares de acreanos.

IMGL9802

Governador Gladson Cameli e o vice-governador Major Rocha em reunião com a classe empresarial; ideia é retomar obras para aquecer o mercado local, gerando emprego e renda (Foto: Odair Leal/Secom) 

Ao lado do vice-governador, Major Rocha, ele recebeu lideranças da indústria e empresários da construção civil acreana, na tarde desta quarta-feira, 29, no Gabinete Civil, em reunião que faz parte de uma série de encontros para ouvir as demandas de todos os setores empresariais do estado.

“Todo o dia temos um capítulo diferente na história econômica desse estado e a nossa ideia é retomar aquilo que tem salvação financeira”, afirmou o governador, referindo-se aos entraves econômicos herdados pela gestão que passou.

“Mas quero dizer que eu preciso que vocês me ajudem a ajudar vocês”, completou ele, ressaltando que o auxílio das federações [do Comércio e da Indústria] e do Sistema ‘S’ [Senar, Sesc, Senac, Sesi, Sest/Senat e Sebrae] são muito importantes para que as obras tenham força de aprovação junto aos órgãos federais.

“É só retomando a geração de emprego e renda que vamos combater as mazelas sociais, principalmente a violência. Mas para isso, preciso do apoio de vocês, porque esperar 120 dias para aprovação de um projeto é perder o verão”, asseverou o governador Gladson Cameli sobre os entraves que surgem nas agências de investimentos quando o governo corre sozinho para aprovar seus projetos, sem o apoio da classe empresarial organizada.

“Estamos matando um elefante e um leão juntos por dia”, diz. O governo do estado pretende retomar o que tem salvação financeira, promovendo a geração de empregos na construção civil, por meio de novos projetos como o anel viário de Rio Branco, o viaduto sobra a AC-40, no bairro da Corrente e a nova ponte em alvenaria sobre o rio Iaco, em Sena Madureira. Há ainda projetos como a revitalização das orlas do rio Acre, em Rio Branco e do rio Juruá, em Cruzeiro do Sul.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Construção Civil do Estado do Acre, Carlos Afonso Cipriano dos Santos, lembrou que há alguns gargalos, como por exemplo, os passivos atrasados. “E o nosso desejo é o da retomada das obras inacabadas do programa ‘Ruas do Povo’”.

Santos reconhece que o governo atual não pode ser responsabilizado por ingerências deixadas pela anterior, mas pediu para que as obras maiores que vierem de agora em diante sejam licitadas em lotes, assim como as de grande porte, em consórcio, o que poderá beneficiar tantos os grandes quanto os médios e pequenos empresários.

IMGL9809

Empresários da construção civil em reunião com o governador Gladson Cameli; ideia é unir esforços para fazer o estado crescer (Foto: Odair Leal/Secom)


thumb_up

Últimas notícias: