fbpx
25 C
Porto Velho
segunda-feira, 17 junho 2019, 22:42
Site de apostas
Site de apostas

Coronel Chrisóstomo defende investimentos no turismo em Rondônia

Durante sessão da Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia (CINDRA) da Câmara dos Deputados, o deputado federal Coronel Chrisóstomo(PSL-RO) propôs o debate sobre políticas públicas para o Turismo voltadas para região norte, em especial Rondônia.

De acordo com o parlamentar o turismo pode ser uma ótima estratégia para promover o desenvolvimento econômico, social e ambiental da região que apresenta um alto potencial no setor.

“Temos monumentos históricos que estão abandonados, como o Forte Príncipe da Beira e setores que podem ser melhores explorados como o ecoturismo.É preciso que as políticas públicas sejam de fato eficientes para que o setor possa se desenvolver. Essa é minha busca, propondo um debate franco e eficaz sobre as ações futuras dos órgãos responsáveis pelo setor e do parlamento para com o desenvolvimento do setor turístico de Rondônia e da região norte”, disse o deputado.

Na oportunidade, Coronel Chrisóstomo apresentou o Requerimento Nº 71/2019 que propõe a realização de Audiência Pública para debater as políticas públicas de Turismo voltadas para Região Norte do País. No Requerimento o deputadosugestiona que a Audiência seja realizada no estado deRondôniacom representantes doMinistério do Turismo; Embratur; Secretaria de Turismo do Estado de Rondônia , SUDAM e Abav.

De acordo com o documento entregue a Comissão, uma pesquisa promovida pela Fundação Getúlio Vargas por solicitação do Ministério do Turismo junto as 80 maiores empresas brasileiras da área, o setor é responsáveis pelo faturamento de R$ 64,6 bilhões e 115 mil postos de trabalho em todo o país e evidencia que no aspecto econômico o Turismo promove contribuições para a geração de trabalho e renda, a arrecadação de recursos para o governo e retorno para os investidores.

“Tenho certeza que neste novo momento em que o país vive, essa iniciativa será frutífera”, concluiu o deputado .


Fonte:Assessoria

Últimas notícias: