fbpx
31 C
Porto Velho
quinta-feira, 05 dezembro 2019, 13:05
Site de apostas
Site de apostas
Site de apostas

Servidores de penitenciária de Guariba recebem treinamento sobre parto | São Paulo

[bloqueador2]

A Penitenciária de Guariba promoveu aos seus funcionários o “Curso de Orientação à Prática de Parto Natural e Primeiros Cuidados com Recém-nascido”. As aulas foram ministradas no início de junho a 39 servidores.




De acordo com o enfermeiro que ministrou o curso, Marco Almir Fioravante, o objetivo do treinamento é garantir a integridade e a saúde da interna em casos de emergência. “[O procedimento] Não visa substituir as rotinas pré-estabelecidas pela Penitenciária, que é encaminhar a gestante ao hospital. Porém, em algumas situações, pode acontecer de o bebê nascer durante o trajeto”, afirma.

Os funcionários e funcionárias tiveram aulas teóricas e práticas. Durante a capacitação, eles aprenderam a reconhecer a necessidade de um parto imediato, preparar a cena para recepção ao recém-nascido, cuidados preliminares e pós-parto. Também foram abordados possíveis intercorrências durante o parto e a maneira correta de posicionar a gestante e o recém-nascido durante o transporte a um hospital.

O treinamento ocorreu por meio da Escola de Administração Penitenciária (EAP) “Dr. Luiz Camargo Wolfmann”. A capacitação foi oferecida aos quatro turnos dos agentes de segurança.

Nascimentos

A Penitenciária Feminina de Guariba registra, em média, dois nascimentos por mês. Atualmente, o presídio tem seis reeducandas gestantes e nove lactantes, que ainda cuidam do bebê na unidade.

A agente de segurança Luciane Soares está entre os servidores que receberam o treinamento. Ela destaca a importância de aprender as técnicas para realizar o parto, em razão da distância da unidade prisional até o hospital.

“Aqui, tem ala de Amamentação, onde ficam gestantes e lactantes. A unidade fica afastada da cidade e um parto pode acontecer a qualquer momento. Por isso, é de extrema valia que tenhamos uma orientação, que acaba sendo um conhecimento levado também para a vida fora do trabalho”, diz.

[/bloqueador2]

Últimas notícias: