fbpx
24 C
Porto Velho
quinta-feira, 18 julho 2019, 00:34
Governo de Rondônia
Site de apostas
Site de apostas

[Coluna] “Eu quero ainda poder acreditar no Ministério Público de Rondônia”, diz vereador sobre transporte escolar

CompartilheTweetAssine

Aleks Palitot cobrou um posicionamento mais firme do órgão em relação a inabilidade do prefeito Hildon Chaves, que está no México, e protocolou pedido de abertura de CPI

No fim de semana

A Fundação Getúlio Vargas através de sua assessoria de imprensa pediu até quinta-feira (4) para apresentar sua versão sobre o suposto recebimento irregular de R$ 16 milhões do governo do Estado de Rondônia. Decidimos aguardar a manifestação da FGV para fecharmos a matéria.




Recorrer a quem?

O vereador Aleks Palitot fez um discurso exaltado nesta terça-feira no plenário da Câmara em Porto Velho. E ele começou ‘emparedando’ o Ministério Público do Estado sobre a situação alarmante e caótica que se encontra a educação na capital. Ou melhor, a falta dela, já que alunos da rede municipal estão com dificuldades de acesso às escolas desde 2017, com o vai e vem da prefeitura que não consegue resolver o transporte escolar.

“Eu quero acreditar”

E o vereador começou seu discurso cobrando que o Ministério Público do Estado adote medidas enérgicas contra o prefeito Hildon Chaves, que está no México para, acreditem, “buscar novas formas de melhorar a qualidade de vida da população“. “Eu quero ainda poder acreditar no Ministério Público de Rondônia”, disse o vereador. Mas, apesar do apelo, o vereador também adotou, digamos, uma medida mais efetiva, e protocolou requerimento para abertura de uma CPI para apurar responsabilidades, que todo mundo sabe de quem é, mas ninguém fala. Os demais vereadores, com raríssimas exceções prestaram atenção ao assunto, os demais preferem fazer de conta que está tudo bem. Veja o breve e contundente discurso de Palitot, no vídeo abaixo.

Sintomático

Palitot é um vereador considerado ‘moderado’ e sempre evita confrontos diretos, preferindo o diálogo. Porém, como ele próprio perguntou, “as crianças vão apelar a quem para estudar?”, porque todos os órgãos de controle já foram notificados, e assim como ele, eu também já vi prefeitos serem presos por bem menos que essa situação, mas Hildon Chaves segue como se nada estivesse acontecendo. Como diziam os antigos, “nesse mato tem coelho, de olhos vermelhos e pelos branquinhos”. Só não tem aluno na sala de aula.

Sonegação

O deputado estadual Geraldo da Rondônia foi condenado a 7 anos de prisão e a devolver R$ 53 milhões aos cofres do Estado por crime de sonegação fiscal. A condenação foi em primeira instância, portanto cabe recurso. O magistrado poderia ter pedido o bloqueio do salário de Geraldo na Assembleia, para ressarcir os cofres públicos. Para saber os detalhes e ler as sentenças (foram duas), CLIQUE AQUI. 

“Vou gritar, porque ele deve ser surdo”

O deputado federal Coronel Chrisóstomo (PSL-RO) preferiu usar seu tempo regimental na audiência da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara federal com o ministro Sérgio Moro para, aos berros, elogiar o ex-juiz. O parlamentar se emocionou tanto, que aos berros na sessão, se atrapalhou com o relógio e quando foi finalmente fazer um questionamento, o tempo tinha acabado. Mas, nem fez diferença. Ele seguiu gritando. 

Aliás

É cada absurdo que a gente escuta nessas audiências. Teve um parlamentar que, tentando mostrar que “sabe das coisas”, disse que “os cubanos fogem de Cuba de carro para os Estados Unidos todos os dias”. E quando a geral caiu na gargalhada ele demonstrou que não sabia do que estavam rindo…realmente. Moro, aquele que vê e ouve, deve estar muito arrependido de ter largado a toga para ser político. O próximo a enfrentar a artilharia é Deltan Dallagnol.

Bebida muito quente aumenta risco de câncer de esôfago em 90%, diz estudo

Você sabia que o câncer no esôfago ocupa o 6º lugar entre os tipos de câncer mais comuns no Brasil? Uma pesquisa realizada no Irã afirma que a doença pode estar relacionada ao consumo de bebidas muito quentes.  Os pesquisadores constataram que indivíduos que bebem três xícaras de chá verde ou preto em temperatura acima de 60°C diariamente aumentam suas chances de desenvolver câncer de esôfago em 90% em comparação com outros que deixam a bebida ficar morna ou esfriar totalmente. Apesar de ter sido feita a partir de experimentos com chá verde e preto, a pesquisa aponta que o café também pode provocar lesões no esôfago, o que aumenta o risco de câncer.

Fonte: politico.painelpolitico.com/coluna-eu-quero-ainda-poder-acreditar-no-ministerio-publico-de-rondonia-diz-vereador-sobre-transporte-escolar

Últimas notícias: