fbpx
27 C
Porto Velho
segunda-feira, 16 setembro 2019, 00:26
Site de apostas
Site de apostas

ASN – Crescimento acelerado dos negócios inovadores depende da experiência do cliente

Agregar valor aos negócios vai muito além de entregar produtos e serviços com qualidade para clientes: é preciso evoluir e acompanhar suas necessidades. Esta é a visão de Lincoln Murphy, fundador da Sixteen Ventures e consultor de startups que ensina a metodologia da experiência de consumo para o crescimento acelerado. O convidado internacional se apresentou nesta quinta-feira (15) no Startup Summit, evento que reúne todo o ecossistema de tecnologia em Florianópolis (SC). A ampla programação segue até sexta-feira (16).




Lincoln convidou o pequeno empreendedor inovador a impulsionar seu negócio, implementando a “Cultura de Sucesso do Cliente”, que enxerga o fornecedor como parte importante para alcançar os objetivos. Esse framework tem ajudado startups a adicionar valor às empresas rapidamente.

“Precisamos centrar nos clientes todos os dias, reconhecer o que não sabemos e fazermos as mudanças necessárias para alcançarmos os resultados desejados. Na medida em que os clientes se tornam uma melhor versão deles mesmos e que entregamos aquilo que prometemos, também seremos a nossa melhor versão”. Segundo Murphy, essa cultura permite às empresas receber investimentos, crescer exponencialmente e com eficiência.

Como dica para os empreendedores, Murphy sugeriu identificar leads de consumidores ideais e direcionar estratégias de marketing e vendas: “A meta é adquirir clientes, garantir que eles fiquem o máximo de tempo possível, colocá-los em ascensão e torna-los multiplicadores da sua marca”.

Ecossistemas e Diversidade

O tema que encerrou a programação do primeiro dia do Startup Summit foi voltado às startups que crescem em novos ambientes. Participaram do painel e apresentaram os cases de suas comunidades os empreendedores Daniel Goettenauer, da aceleradora de startups FabriQ, de Manaus; Roberto Viana, da Uberhub, que conecta e forma programadores nas comunidades de Minas Gerais; e Emidia Felipe, da Manguezal, que realiza meetups em Recife.

Em variados níveis, eles trabalham na criação de ecossistemas regionais, em prol de diálogo entre agentes para formar um ambiente favorável à inovação. Apesar de os convidados serem de diferentes regiões, todos apontaram como desafios a interiorização dos negócios e o engajamento das comunidades, além da formação de lideranças para fomentar o nascimento de novas startups. O principal recado do grupo foi: “comunidades fortes aceleram negócios”.

A diversidade de protagonismo também entrou na pauta do Startup Summit com uma agenda prática. Com a mediação de Renata Malheiros, coordenadora de projetos de Empreendedorismo Feminino do Sebrae, o painel apresentou cases de sucesso de mulheres nos negócios. “O mundo é muito diverso e os empreendedores, no fundo, resolvem problemas da sociedade. Entendemos a diversidade de maneira ampla e fomentamos a heterogeneidade nas equipes, no network, além da autoconfiança de todos os empreendedores”, comentou Renata.

Entre as líderes participantes do debate, estavam Gabriela Correa, fundadora do Lady Driver, aplicativo de transporte feminino; Talita Matos, gerente de Comunidades da Impact Hub Brasil, que conecta e acelera negócios sociais; e Tania Gomes, fundadora da Girl Boss Consulting. As convidadas relataram suas trajetórias empreendedoras e ressaltaram a importância de preservar a diversidade como centro da estratégia de negócios.

Fonte: www.agenciasebrae.com.br/sites/v/index.jsp?vgnextoid=7eae3d967769c610VgnVCM1000004c00210aRCRD&vgnextfmt=default

Últimas notícias: