fbpx
27 C
Porto Velho
domingo, 20 outubro 2019, 16:23
Site de apostas
Site de apostas
Site de apostas

Emsetembro,IBGEprevêaltade6,3%nasafrade2019|AgênciadeNotícias|IBGE

Aestimativadesetembrode2019paraasafranacionaldecereais,leguminosaseoleaginosaséumnovorecorde,com240,7milhõesdetoneladas,6,3%superioràde2018(226,5milhõesdetoneladas)e0,4%acimadaestimativadeagosto.Aúltimasafrarecordedopaísfoiade2017(238,4milhõesdetoneladas).Aáreaasercolhidafoiestimadaem63,1milhõesdehectares,crescendo3,5%frentea2018.Emrelaçãoaomêsanterior,aestimativadaáreaasercolhidacresceu200,1milhectares(0,3%).Oarroz,omilhoeasoja,ostrêsprincipaisprodutosdestegrupo,somados,representaram92,8%daestimativadaproduçãoe87,0%daáreaasercolhida.EstimativadeSetembroparaasafra2019240,7milhõesdetoneladasVariaçãosafra2019/safra20186,3%(mais14,3milhõesdetoneladas)Variaçãosafra2019/estimativadeagosto0,4%(mais997,3miltoneladas)

Emrelaçãoa2018,houveacréscimosde7,0%naáreadomilho(declíniode1,9%nomilhodeprimeirasafraeaumentode10,7%nomilhodesegundasafra),de2,3%naáreadasojaede40,9%paraaáreadoalgodãoherbáceo,ocorrendodeclíniode9,5%naáreadearroz.Noqueserefereàprodução,ocorreramdecréscimosde4,3%paraasojaede12,0%paraoarroz,bemcomoacréscimosde23,1%paraomilho(crescimentosde1,1%nomilhodeprimeirasafraede33,3%nomilhodesegundasafra)ede39,0%paraoalgodãoherbáceo.Paraasoja,foiestimadaumaproduçãode112,8milhõesdetoneladas.Paraomilho,umaproduçãorecordede100,2milhõesdetoneladas(26,0milhõesdetoneladasdemilhonaprimeirasafrae74,1milhõesdetoneladasdemilhonasegundasafra).




Aproduçãodoarrozfoiestimadaem10,3milhõesdetoneladaseadoalgodão,em6,9milhõesdetoneladas,novorecordedasériehistóricadoIBGE.Emrelaçãoaomêsanterior,houvecrescimentosnasestimativasdomilho(1,3%ou1,3milhãodetoneladas),algodão(5,0%ou324,7miltoneladas),feijão(4,1%ou120,2miltoneladas),cevada(6,3%ou24,5miltoneladas),laranja(7,4%ou1,2milhãodetoneladas)edotomate(2,5%ou96,5miltoneladas).Houvedeclíniosparaaaveia(-1,9%ou18,7miltoneladas),batata-inglesa(-1,1%ou42,7miltoneladas),caféarábica(-4,4%ou96,3miltoneladas),cafécanephora(-1,3%ou12,1miltoneladas)etrigo(-5,9%ou343,5miltoneladas).

EntreasGrandesRegiões,ovolumedaproduçãodecereais,leguminosaseoleaginosasapresentouaseguintedistribuição:Centro-Oeste(111,2milhõesdetoneladas);Sul(77,5milhõesdetoneladas);Sudeste(23,4milhõesdetoneladas);Nordeste(19,2milhõesdetoneladas)eNorte(9,5milhõesdetoneladas).Emrelaçãoàsafrapassada,houvealtasde6,2%naRegiãoNorte,de10,1%naRegiãoCentro-Oeste,de4,0%naRegiãoSul,de0,5%naRegiãoNordesteede2,1%naRegiãoSudeste.EntreasUnidadesdaFederação,MatoGrossolidera,comumaparticipaçãode28,0%naproduçãonacionaldegrãos.

ESTIMATIVASDESETEMBRO/2019

Emrelaçãoaagosto,destacaram-seasvariaçõesnasseguintesestimativasdeprodução:feijão3ªsafra(13,6%),laranja(7,4%),cevada(6,3%),algodãoherbáceo(5,0%),feijão2ªsafra(3,1%),tomate(2,5%),batata-inglesa2ªsafra(1,9%),milho2ªsafra(1,4%),feijão1ªsafra(1,2%),milho1ªsafra(1,2%),batata-inglesa1ªsafra(0,0%),cafécanephora(-1,3%),aveia(-1,9%),caféarábica(-4,4%),trigo(-5,9%)ebatata-inglesa3ªsafra(-6,5%).Comrelaçãoàvariaçãoabsoluta,osdestaquesficaramcomalaranja(1213788t),milho2ªsafra(1001926t),algodãoherbáceo(324661t),milho1ªsafra(298210t),tomate(96527t),feijão3ªsafra(69769t),feijão2ªsafra(35473t),cevada(24501t),batata-inglesa2ªsafra(22023t),feijão1ªsafra(14986t),batata-inglesa1ªsafra(0t),cafécanephora(-12068t),aveia(-18705t),batatainglesa3ªsafra(-64720t),caféarábica(-96270t)etrigo(-343515t).

ALGODÃOHERBÁCEO(emcaroço)–Aproduçãofoide6,9milhõesdetoneladas,comaltade5,0%emrelaçãoaagosto.EmMatoGrosso,maiorprodutornacional,aproduçãocresceu6,2%ealcançou4,7milhõesdetoneladas,oquerepresenta67,8%dasafranacional.NaBahia,segundomaiorprodutor,aproduçãotambémfoireavaliada,comaltade2,2%.EmGoiás,houvealtade10,7%,devidoàmaioráreacultivada.Preçoscompensatórios,comamaiordemandachinesa,alémdaboaproduçãoerentabilidadedasafraanterior,incentivaramaampliaçãodaáreaplantadaeoaumentodosinvestimentos.Emrelaçãoa2018,aestimativadaproduçãodealgodãocresceu39,0%,devidoaoaumentode40,9%naáreaplantada.Jáaproduçãocresceu46,1%noMatoGrosso,de19,7%naBahiae79,5%emGoiás.

BATATA-INGLESA–Aestimativadaproduçãobrasileiraalcançou3,8milhõesdetoneladas,declíniode1,1%emrelaçãoaomêsanterior.Emsetembro,nãohouvevariaçãoparaa1ªsafraemrelaçãoaomêsanterior.Aproduçãoficouem1,7milhãodetoneladas.Paraa2ªsafra,aproduçãomineirafoireavaliadacomcrescimentode10,1%,alcançando478,1miltoneladas.AsproduçõesdoParanáeSãoPaulotambémforamrevistas,contudo,parabaixo,comdeclíniosde1,9%e6,0%,respectivamente.Aotodo,aproduçãoda2ªsafraalcançou1,2milhãodetoneladas,crescimentode1,9%emrelaçãoaomêsanterior.Paraa3ªsafra,aproduçãofoiestimadaem923,7miltoneladas,declíniode6,5%emrelaçãoaomêsanterior.SãoPauloeMinasGeraisinformaramreduçãode5,3%e14,6%emsuasestimativasdeprodução,devendoasmesmasalcançarem387,4e262,6miltoneladas,respectivamente,enquantoGoiásinformouaumentode0,9%.Emrelaçãoaoanoanterior,aproduçãobrasileiradebatata-inglesaapresentoudeclíniode0,3%.

CAFÉ(emgrão)–Aestimativadaproduçãobrasileiradecaféfoide3,0milhõesdetoneladas,ou50,3milhõesdesacasde60kg,reduçãode16,0%emrelaçãoa2018.Emrelaçãoaomêsanterior,aproduçãofoi3,5%menor.

Paraocaféarábica,aproduçãoestimadafoide2,1milhõesdetoneladas,ou35,1milhõesdesacasde60kg,declíniode4,4%emrelaçãoaomêsanterior.EmMinasGerais,napassagemdeagostoparasetembro,aestimativadaproduçãodeclinou4,9%,comaproduçãodevendoalcançar1489,8miltoneladas,contra1566,9miltoneladasestimadosnomêsanterior,declíniode77,1miltoneladasou1,3milhãodesacasde60kg.EmSãoPaulo,aestimativadaproduçãotambémrecuou5,6%.Oscafezaissofreramcomaincidênciadealtastemperaturasefaltadechuvasemumperíodoimportantedodesenvolvimentodacultura,oquereduziuasestimativasderendimentomédio.Alémdisso,ospreçosnãoseencontravamtãoatraentes,eoscustosdeproduçãoforamrelativamenteelevados.Emrelaçãoa2018,aproduçãodocaféarábicacaiu21,8%,representandoumaproduçãode“anodebaixa”,devidoàbienalidadecaracterísticadessacultura.

Paraocafécanephora,maisconhecidocomoconillon,aproduçãoestimadafoide911,4miltoneladas,ou15,2milhõesdesacasde60kg,declinou1,3%.AestimativadaproduçãodaBahiafoide96,0miltoneladas,ou1,6milhãodesacasde60kg,declíniode11,1%emrelaçãoaomêsanterior.EspíritoSantoeRondônia,maioresprodutoresdoPaíseresponsáveispor85,8%dototalproduzidonaatualsafra,mantiveramasestimativasdomêsanterior.Apesardaretraçãode15,5%naáreaplantadaemrelaçãoaoanoanterior,aproduçãodecafécanephoracresceu1,3%.Nessecomparativo,asproduçõesforammaioresnoEspíritoSanto(7,4%)eemRondônia(5,6%),emenornaBahia(-31,6%).AsproduçõescapixabaedeRondôniaforambeneficiadaspeloclimaesteano.

CEREAISDEINVERNO(emgrão)–Asafrabrasileiradeinvernofoiestimadaem6,9milhõesdetoneladas,comotrigoparticipandocom79,8%dototal,ou5,5milhõesdetoneladas,aaveiaparticipandocom14,1%,ou966,9miltoneladas,eacevadaparticipandocom6,1%,ou416,1miltoneladas.

Aáreaplantadadotrigo,principallavouradeinvernobrasileira,foi2,1milhõesdehectares.Houvequedade5,9%naestimativadaproduçãoemrelaçãoaomêsanterior,devidoàreduçãode5,8%norendimentomédio.NoParaná,maiorprodutor,comparticipaçãode43,2%naproduçãonacional,aestimativadeproduçãofoide2,4milhõesdetoneladas,12,9%amenosquenomêsanterior,devidoàsgeadasnaslavourasparanaenses.

ORioGrandedoSul,quedeveparticiparcom41,9%daproduçãonacional,aestimativafoide2,3milhõesdetoneladas,0,5%acimadomêsanterior.NoSudeste,MinasGeraisinformouumaestimativadaproduçãode247,2miltoneladas,crescimentode24,6%emrelaçãoaomêsanterior.EmSãoPaulo,houvereduçãode11,3%naestimativadaprodução,devendosercolhidas250,2miltoneladas.NoCentro-Oeste,asestimativasdaproduçãodeMatoGrossodoSuledeGoiásdeclinaram21,2%e9,7%,respectivamente.Emrelaçãoaoanoanterior,aproduçãotritícolabrasileiraapresentacrescimentode3,1%.

Aestimativaparaaproduçãodaaveia(966,9miltoneladas)recuou1,9%emrelaçãoaagostodevidoàreduçãode2,1%daproduçãonoRioGrandedoSul,querepresenta70,8%daproduçãonacional.Emrelaçãoa2018,aestimativadaproduçãodeaveiacresceu8,6%.Paraacevada,aproduçãoestimadafoide416,1miltoneladas,comaltade6,3%emrelaçãoaagosto.NoParaná,aestimativadeprodução(257,8miltoneladas)cresceu9,6%emrelaçãoaagosto.Aestimativadaproduçãogaúcha(142,9miltoneladas)cresceu1,4%.Emrelaçãoa2018,aestimativadaproduçãodecevadacresceu28,0%.

FEIJÃO(emgrão)Aestimativadaproduçãofoide3,1milhõesdetoneladas,crescimentode4,1%emrelaçãoaomêsanterior.Emrelaçãoa2018,aproduçãototaldefeijãodeveráser2,9%maior.A1ªsafradefeijãofoiestimadaem1,3milhãodetoneladas,umaumentode1,2%frenteàestimativadeagosto,oquerepresentou14986toneladas.DestaqueparaGoiásqueteveaestimativadeproduçãoaumentadaem17,8%frenteaomêsanterior.Emseguida,vieramBahia,comreduçãode5,9%eSãoPaulo,comaumentode6,6%emrelaçãoaagosto.

Emrelaçãoa2018,aproduçãoda1ªsafracaiu13,8%,comreduçõesemSãoPaulo(-27,1%),Paraná(-19,8%),Goiás(-17,2%),Ceará(-15,0%),MinasGerais(-11,6%),Piauí(-14,8%),SantaCatarina(-20,5%),RioGrandedoSul(-10,0%),Paraíba(-8,2%)eDistritoFederal(-29,8%).Emcontrapartida,naBahia,aestimativadeproduçãosubiu18,1%.

A2ªsafradefeijãofoiestimadacomumaumentode3,1%frenteaagosto.InfluenciaramnesteaumentoasestimativasdeSãoPaulo(+51,7%),MinasGerais(+17,3%)eParaná(+6,0%).NaBahia,aestimativadeproduçãocaiu21,0%,oumenos31200toneladas.

Aestimativadeproduçãoparaa2ªsafrafoisuperioràde2018em16,9%.HouveaumentosnasestimativasdeproduçãodaBahia(357,2%),MinasGerais(35,3%),SãoPaulo(125,9%)Paraná(32,9%),MatoGrossodoSul(33,5%)eGoiás(25,3%).Emcontrapartida,MatoGrossoreduziusuaestimativaem49,9%.Asmaioresparticipaçõesnaproduçãoparaestasafraforamde:Paraná(31,2%),MinasGerais(17,2%),MatoGrosso(10,8%)eBahia(10,0%).

Paraa3ªsafradefeijão,aprevisãoéadeumaumentode13,6%naproduçãoemrelaçãoaagosto.SãoPaulofoiamaiorinfluêncianesseresultado,comaumentode120,0%naprodução(54000toneladas).OutrosincrementosforaminformadosporMinasGerais(4,9%)eGoiás(5,9%).Emcontrapartida,MatoGrossodoSulinformouumareduçãode62,3%.Aestimativadeproduçãoparaa3ªsafradefeijãoé27,7%superioràde2018.AsUnidadesdaFederaçãoresponsáveisporessesaumentosforamSãoPaulo(31,0%ou23400toneladas),MatoGrosso(112,2%ou76777toneladaseDistritoFederal(101,7%ou5490toneladas).

LARANJA–Aestimativadaproduçãofoide17,7milhõesdetoneladas,ou434,3milhõesdecaixasde40,8kg,crescimentode7,4%emrelaçãoaomêsanterior.EmSãoPaulo,principalprodutoreresponsávelpor77,0%dototalnacional,aproduçãofoiestimadaem13,7milhõesdetoneladas,ou334,6milhõesdecaixasde40,8kg,crescimentode9,7%emrelaçãoaomêsanterior.Emrelaçãoa2018,aproduçãodelaranjacresceu6,3%,sendoinfluenciadapelaproduçãopaulista,quetevealtade8,5%emdecorrênciadoaumentodaprodutividade,quealcançou35000kg/ha.OcinturãocitrícoladeSãoPaulodestaca-sepeloelevadoníveltecnológico,eamaiorpartedasuaproduçãodelaranjaédestinadaaoprocessamentoeproduçãodesuco,importanteprodutonapautadasexportaçõesbrasileiras.

MILHO(emgrão)–Emrelaçãoàúltimainformação,aestimativadaproduçãocresceu1,3%,totalizando100,2milhõesdetoneladas,novorecordedeproduçãodasériehistóricadoIBGE.Aotodo,foiacrescida1,3milhãodetoneladas.Emrelaçãoaoanoanterior,aestimativadaproduçãoencontra-se23,1%maio.Na1ªsafrademilho,aproduçãoalcançou26,0milhõesdetoneladas,acréscimode1,2%emrelaçãoàúltimainformação.Emrelaçãoaoanoanterior,aestimativadaproduçãofoi1,1%maior.EmsetembroforamreavaliadasasproduçõesdeSãoPaulo(11,3%ou22,3miltoneladas),MinasGerais(0,5%ou23,3miltoneladas),Paraná(0,6%ou19,9miltoneladas),MatoGrossodoSul(28,2%ou28,4miltoneladas)eGoiás(0,2%ou3,6miltoneladas).

Paraa2ªsafra,aestimativadaproduçãoencontra-seem74,1milhõesdetoneladas,aumentode1,4%emrelaçãoaomêsanterior,estandoconcentradanosquatromaioresprodutoresdoPaís:MatoGrosso(42,1%dototal),Paraná(18,0%),MatoGrossodoSul(13,3%)eGoiás(13,6%).EstasUnidadesdaFederaçãorespondemjuntospor87,0%daproduçãonacionaldomilho2ªsafra.Estevolumedeproduçãodemilho2ªsafraérecordedasériehistóricadoIBGE,eficou6,5milhõesdetoneladasacimade2017,atéentão,amaiorproduçãoobtidapeloPaís(67,6milhõesdetoneladas).

Osaumentosmaisexpressivosnaestimativadeprodução,emrelaçãoaagosto,foramemMinasGerais(35,0%ou765,2miltoneladas),MatoGrosso1,2%ou382,2miltoneladas)eSãoPaulo(2,4%ou56,4miltoneladas).Emcontrapartida,Paraná(-0,4%),Goiás(-1,1%)eMatoGrossodoSul(-0,7%)informaramdeclíniosnaprodução.Emdecorrênciadoplantioantecipadodasoja,houveummaiorperíodoparaa“janeladeplantio”domilho.Issorepercutiupositivamentenorendimentomédio,quecresceu20,4%,devendoalcançar5833kg/ha.

TOMATE–Aestimativadaprodução(4,0milhõesdetoneladas)cresceu2,5%emrelaçãoaagosto,devidoàsreavaliaçõesemSãoPaulo,ondeaestimativadeproduçãocresceu11,4%.Algumasnovasáreasdelavourasforamdetectadas,comosprodutoresinvestindomais,emdecorrênciadosrecentesaumentosnovalordoproduto.OutroscrescimentosdaproduçãoinformadosnomêsforamdeGoiás(0,3%),MinasGerais(0,8%),RiodeJaneiro(0,4%)eCeará(0,1%).Emrelaçãoa2018,aproduçãodetomatecaiu2,0%,aáreaplantadasereduziuem3,4%eorendimentomédiosubiu1,6%.

ESTIMATIVASDESETEMBROEMRELAÇÃOÀSAFRAOBTIDAEM2018ProduçãoevariaçãoanualporprodutoProdutoProdução2018(t)Produção2019(t)Variação(%)AlgodãoHerbáceo4.930.5186.854.47139,0Amendoim(1ªsafra)546.517548.2890,3Amendoim(2ªsafra)11.36112.1727,1Arroz11.736.35310.326.974-12,0Aveia890.235966.9368,6Batata-inglesa(1ªsafra)1.636.7371.698.8543,8Batata-inglesa(2ªsafra)1.182.0001.211.2252,5Batata-inglesa(3ªsafra)1.028.300923.663-10,2Centeio8.1849.66118,0Cevada325.081416.09528,0Feijão(1ªsafra)1.514.0841.305.103-13,8Feijão(2ªsafra)1.003.1471.172.71716,9Feijão(3ªsafra)456.701583.35527,7Girassol137.969128.311-7,0Mamona19.31429.41752,3Milho(1ªsafra)25.743.07726.020.3981,1Milho(2ªsafra)55.621.45874.138.13533,3Soja117.833.492112.823.827-4,3Sorgo2.251.8622.579.99414,6Trigo5.305.0675.468.0843,1Triticale41.66431.532-24,3

OLevantamentoSistemáticodaProduçãoAgrícola(LSPA)éumapesquisamensaldeprevisãoeacompanhamentodassafrasdosprincipaisprodutosagrícolas.Ematençãoademandasdosusuáriosdeinformaçãodesafra,oslevantamentosparacereais(arroz,milho,aveia,centeio,cevada,sorgo,trigoetriticale),leguminosas(amendoimefeijão)eoleaginosas(caroçodealgodão,mamona,sojaegirassol)foramrealizadosemestreitacolaboraçãocomaCompanhiaNacionaldeAbastecimento(Conab),órgãodoMinistériodeAgricultura,PecuáriaeAbastecimento(MAPA),continuandoumprocessodeharmonizaçãodasestimativasoficiaisdesafra,iniciadoemmarçode2007,paraasprincipaislavourasbrasileiras.

Fonte: agenciadenoticias.ibge.gov.br/2013-agencia-de-noticias/releases/25664-em-setembro-ibge-preve-alta-de-6-3-na-safra-de-2019.html

Últimas notícias: