Conheça mais sobre a calça de cintura baixa, modelo que está em alta para 2020

Não é novidade que moda é uma coisa que vai e volta. Por isso, quem quer se vestir de acordo com as tendências do momento tem que estar sempre de olho nesse universo e no que as celebridades andam usando.

Nos últimos anos muita coisa para a qual a gente já torceu o nariz está voltando, nos obrigando a também voltar atrás nas opiniões. A pochete, que era vista como brega e agora todo mundo usa, está aí para provar esse ponto.

Você se lembra da calça de cintura baixa? Ela foi tendência no início dos anos 2000 e popularizada por famosas como Britney Spears e Christina Aguilera, e agora, parece estar voltando com tudo, e é sobre ela que vamos falar.

As fãs desse modelo garantem que ele é sexy e valoriza o quadril, mas a verdade é que o uso da calça de cós baixo — ou baixíssimo — é polêmico, já que ele não cai exatamente bem em todo mundo.

Mas, independentemente de gostar ou não, o fato é que esse tipo de calça está aí novamente, e você vai ter que pensar nisso outra vez, especialmente se a sua intenção é andar na moda.

É sério isso?

Se formos analisar as celebridades e os últimos grandes desfiles, parece que o cós baixo está mesmo voltando com tudo.

Desde 2017 alguns sinais já diziam aos mais atentos que a calça de cintura baixa poderia voltar a ser sucesso. Isso porque, nessa época, algumas influencers mais ousadas já começaram a postar fotos no Instagram usando o modelo.

De lá pra cá, cada vez mais personalidades icônicas têm aparecido com o modelo. Basta dar uma olhada no Instagram das famosas que não vai ser difícil encontrar a calça de cintura baixa nos últimos posts — claro que cada uma com sua versão. Dessa forma, as marcas — até mesmo as de alta costura — ganharam motivo para apostar novamente no modelo.

Então, a calça de cós baixo começou a aparecer com tudo nas semanas de moda da Europa e, quando brilhou na última Semana de Moda de Paris, saiu de vez das passarelas e começou a ganhar as ruas.

Para quem ainda tem alguma dúvida, dá uma olhada também no que rolou na Semana de Moda de Milão, que antecipou as tendências para a temporada primavera/verão 2020. Por lá, a calça de cintura baixa também foi destaque, afirmando que a volta do modelo está apenas começando.

Quem inventou?

Não se sabe ao certo quem foi o criador do modelo ou quem foi a primeira personalidade que a utilizou, mas a calça de cós baixo começou a ser sucesso definitivo muito antes dos anos 2000.

Já na década de 1960, a calça saint-tropez, que virou febre, tinha o cós baixo e mostrava o umbigo, já que quase todo mundo usava o modelo com mini-blusa.

Nos anos 70 essa moda continuou e ainda ganhou as também polêmicas bocas de sino, que foram sucesso absoluto entre artistas — especialmente os da contracultura — e logo entraram nos guarda-roupas de quase todo mundo.

Na década de 80 as cinturas das calças subiram, mas, nos anos 90 elas voltaram a descer, dessa vez, nos modelos conhecidos como bumsters — que mostravam o cofrinho.

Mas, foi mesmo nos anos 2000 que o modelo virou unanimidade: nas passarelas, entre as celebridades e pelas ruas de todo o mundo.

Em 2012, a moda ameaçou voltar, quando o cós baixo apareceu na Semana de Moda de Nova York, em modelos elegantes e saias midi, mas parece que ficou por aí.

Os mais jovens podem não se lembrar de tudo isso, até que, em pleno 2019, olha a calça de cós baixo aí outra vez. E não sabemos até quando.

As mulheres mais ousadas agora estão combinando o modelo com um body alto, resultando em um look asa-delta super cavado. Você tem coragem?