fbpx
34 C
Porto Velho
sexta-feira, 25 setembro 2020, 16:06
Site de apostas
Site de apostas

Um futebol cheio de incertezas

O ano de 2020 está comprometendo o futuro do esporte de uma forma geral. Alguns dos poucos clubes ainda podem suportar a crise financeira que está em andamento por decorrência da COVID-19. Outro problema, além do financeiro, é o futuro dos atletas em seus respectivos esportes.

A maioria dos profissionais esportistas como técnicos e preparadores físicos, por exemplo, foram pegos de surpresa, o que acabou levando a necessidade de realizar uma adaptação para que os atletas não perdessem as suas capacidades físicas. Os clubes de futebol europeu, por exemplo, seguiram todos a mesma linha: a elaboração de planilhas de treinamentos semanais de baixa intensidade para os jogadores, para que pudessem realizar seus treinos na segurança de suas casas.

Nos mais variados campos de esporte, atletas de outras modalidades passam por dificuldades diferentes, como os judocas que precisam de contato físico para realizarem seus treinos de forma efetiva ou os nadadores que tem a necessidade de uma piscina para que possam manter seu condicionamento físico necessário nas competições.

No mundo futebolístico, há uma grande especulação para a volta dos jogos com os portões fechados. Porém, muitos já se mostraram contra a esse tipo de decisão. “Estamos aqui pelo público, se fossem um ou dois jogos, eu entenderia. Eu jogo, nós jogamos para as pessoas. Se as pessoas não podem estar lá, qual o sentido? Não tem sentido.”, conta Pepe Guardiola, técnico do City.

Em entrevista concedida para o site de apostas online Betway Esportes, Anthony Taylor (Juiz da Premier League), que apitou o jogo do PSG contra o Borussia Dortmund na Champions League, disse que a falta de público não tem tanta influência como as pessoas pensam. “Participar de jogos com portões fechados é uma experiência muito diferente. Mas não tem um grande efeito na intensidade dos jogadores durante a partida. Claro que você gosta da atmosfera de um estádio cheio, mas as decisões sobre se os jogos serão disputados com portões fechados estão muito longe das mãos dos jogadores e dos árbitros.”, acrescenta o Juiz.

Algumas perguntas ainda permanecem sem respostas definitivas e a pressão recai sobre as Confederações. Como a UEFA, por exemplo, como será definida a data da volta dos jogos da Liga dos Campeões se praticamente todas as fronteiras dos países europeus estão fechadas? E como se cogita o cancelamento da temporada da Premier League se o Liverpool apresenta 25 pontos de vantagem do segundo colocado e já é o preferido das casas de apostas esportivas online?

De todas as grandes ligas europeias, a única que mostra sinais de movimentação é a Bundesliga, onde todos os clubes voltarão aos treinamentos, mas com o distanciamento de pelo menos 2 metros um do outro. Ainda há uma data para o retorno: dia 4 de maio. Porém por toda a Europa ainda existe muita gente que dúvida disso.

É impossível prever como serão os próximos meses, até porque ainda não se sabe com exatidão como cada país vai reagir a expansão do novo coronavírus. Situação única e sobre a qual o mundo ainda tenta entender como encarar e resolver.

Site de apostas

Últimas notícias: