fbpx
23 C
Porto Velho
segunda-feira, 13 julho 2020, 08:13
Site de apostas
Site de apostas

Rita Cadillac recebe auxílio emergencial do governo, é criticada e se defende

A dançarina Rita Cadillac está sofrendo com o cancelamento de seus shows agendados para este ano. O motivo? A pandemia do coronavírus. Diante disso, ela decidiu solicitar o auxílio emergencial de R$ 600 oferecido pelo governo federal para ajudar os trabalhadores informais.




Sua solicitação foi aprovada e ela recebeu a primeira parcela do auxílio na semana passada. Em entrevista para o jornal ‘Extra’, Rita, que tem 65 anos, afirmou que utilizou o dinheiro para pagar contas atrasadas de luz e condomínio.

Veja também: William Bonner diz que utilizaram o CPF do filho para fraudar auxílio emergencial

A ex-chacrete foi um dos quase 60 milhões de brasileiros beneficiados pelo auxílio emergencial. Por ser famosa, internautas criticaram sua postura de ter solicitado e conseguido a ajuda. Para eles, o dinheiro deveria ser direcionado para pessoas que precisam mais neste momento.

Rita contou que, diferente do que muitos pensam, ela não tem casa própria e vive em um apartamento alugado no bairro Santa Cecília, região central da cidade de São Paulo.

“Quem pediu o benefício foi cidadão Rita de Cássia. Porque a Rita Cadillac está dormindo desde que começou a pandemia e só vai acordar quando ela puder voltar a fazer shows, o que eu sempre fiz na minha vida. Se eu tivesse trabalhando, eu jamais pediria”, disse ela.

“Foi aceito porque eu cumpri tudo. Preenchi todo o cadastro, mandei tudo o que eles pediram, foi analisado e me deram. O dinheiro ajudou a pagar luz e uma parte do condomínio e outras contas “, esclarece.

Além disso, Rita garante que ter solicitado o auxílio não foi ilícito e ela realmente estava precisando do dinheiro.

“Fazia 15 shows por mês e toda a minha agenda até 11 de julho foi cancelada e ia começar a ensaiar uma peça quando a pandemia começou. Graças a Deus, não estou passando por dificuldade. Eu tenho comida. A cidadã pediu como ajuda. Não fiz nada de errado nem nada de ilícito”, afirma.

As críticas por parte dos internautas não demoraram a chegar. “Até agora estou sem entender o por que disso. As pessoas imaginam que todos os artistas são milionários e moram em mansões. Tem muito artista que não. Eu não sou assalariada, não tenho contrato com ninguém. Eu faço os meus shows e trabalho, graças a Deus, bastante”, disse Rita.

Ela continuou: “Não é vergonha, porque eu sou uma cidadã comum, eu pago imposto. Não foi dito que só uma classe podia pedir o auxílio. O artista foi o primeiro a parar e será o último a voltar a trabalhar. As pessoas fizeram um reboliço tão grande que me magoou muito. Nunca menti, nunca disse que sou rica, nunca mostrei uma fortuna. Minha vida sempre foi muito simples”.

Com shows cancelados, os únicos trabalhos que têm surgido para Rita são propagandas na internet para estabelecimentos como restaurantes próximos a sua casa.

“Faço publicidade para os restaurantes da região onde eu moro. Faço para ajudar. Não ganho nada. É uma solidariedade para eles que agora têm que trabalhar com delivery”, explica.

Veja também: Filho de Chitãozinho solicitou auxílio emergencial do governo, diz colunista

Comente com o Facebook

Fonte: www.feedclub.com.br/rita-cadillac-auxilio-emergencial

Últimas notícias: