fbpx
23 C
Porto Velho
quarta-feira, 08 julho 2020, 04:26
Site de apostas
Site de apostas

Corinthians dava adeus a Neco há 43 anos; jogador foi o primeiro grande ídolo da história do clube

Neco é o jogador que defendeu o Corinthians por mais tempo; ao todo, foram 17 anos no clube

Neco é o jogador que defendeu o Corinthians por mais tempo; ao todo, foram 17 anos no clube




Divulgação/Corinthians

No mesmo ano em que o Corinthians derrotou a Ponte Preta em um duelo histórico que encerrou o jejum de 23 anos sem títulos, o clube também dava adeus a seu primeiro grande ídolo, o meia Neco.

Manuel Nunes, mais conhecido como Neco, nasceu no dia 7 de março de 1895 e, perto dos 16 anos, já atuava com a camisa do Corinthians. Em 1913, o atleta esteve na equipe profissional já nas últimas rodadas do Campeonato Paulista – o estadual daquele ano foi a primeira disputa oficial do clube.

Notícias relacionadas

Notícias relacionadasCorinthians conquistava Torneio Rio São Paulo pela segunda vez há 67 anos; relembre Corinthians conquistava Torneio Rio-São Paulo pela segunda vez há 67 anos; relembre Clubes recebem protocolo com medidas para retorno do Paulista; Federação não estipula data Clubes recebem protocolo com medidas para retorno do Paulista; Federação não estipula data

No ano seguinte, Neco foi o artilheiro daquele que ficou marcado como o primeiro dos 29 títulos Paulistas conquistado pelo Corinthians. Na ocasião, o jogador marcou 12 gols. Neco foi o jogador que atuou por mais tempo com a camisa alvinegra. Ao todo, foram 17 anos, entre 1913 e 1930.

Um ano antes de se aposentar, em 1929, Neco foi homenageado ao ganhar um busto em lugar de honra no Parque São Jorge. O meia também é o maior goleador da história do clube. Em 296 partidas disputadas, Neco marcou 228 gols, além de ter participado da conquista de nove títulos paulistas do clube, um deles como técnico, em 1937.

Veja mais em: Ídolos do Corinthians e Ex-jogadores do Corinthians.

Fonte: www.meutimao.com.br/noticias-do-corinthians/349326/corinthians-dava-adeus-a-neco-ha-43-anos-jogador-foi-o-primeiro-grande-idolo-da-historia-do-clube

Últimas notícias: