fbpx
23 C
Porto Velho
quinta-feira, 09 julho 2020, 06:51
Site de apostas
Site de apostas

SP integra cases de boas práticas da OCDE de políticas educacionais durante a pandemia | São Paulo

As políticas públicas implementadas pela Secretaria Estadual da Educação para manter a continuidade das aulas durante o fechamento das escolas é um dos cases de boas práticas mundiais selecionados pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).




A iniciativa de reunir as ações de educação criadas para este período da pandemia é da OCDE, Banco Mundial, HundrED e da Harvard University por meio da Global Education Innovation Initiative.

A série de publicações visa disseminar conteúdos que podem ajudar os países a desenharem estratégias para garantir a continuidade da educação enquanto as aulas presenciais seguem suspensas.

O artigo que elenca as ações do Governo de São Paulo é de autoria de Lucia Dellagnelo, presidente do Centro de Educação para Inovação Brasileira (CIEB), e do professor Fernando Reimers, da Harvard University.

Para Lucia, um dos fatores que fazem com que São Paulo se destaque foi a rapidez com que viabilizou uma ferramenta para que 3,5 milhões de alunos da rede estadual tivessem acesso ao ensino remoto – o Centro de Mídias SP, inaugurado no dia 6 de abril.

“Foi um período muito curto onde foram montadas estratégias bem consistentes de educação. Outro destaque é a multimodalidade de ofertas, com TV aberta, aplicativos e material impresso, e a combinação de estratégias para ter certeza de que todo aluno será atendido”, diz Lucia.

Além de oferecer dois aplicativos, um voltado para os alunos da educação infantil e primeiros anos do ensino fundamental, e outro para anos finais do fundamental e ensino médio, a Seduc utiliza também canais da TV aberta, como a TV Univesp e TV Educação para transmitir aulas da rede.

Para garantir a continuidade da aprendizagem ainda foram distribuídos kits de materiais impressos como fascículos de português e matemática, livros paradidáticos e gibis para todos os alunos.

Para a especialista, as críticas sobre as ações adotadas são importantes porque desvelam a desigualdade social. “Mas da parte da Seduc há um esforço excepcional para alcançar todos os alunos. Para uma rede que não tinha um modelo híbrido fazer essa transição é muito desafiador.”

Secretaria da Educação do Estado de São Paulo Assessoria de Comunicação e Imprensa (11) 2075-4610

Fonte: www.saopaulo.sp.gov.br/sala-de-imprensa/release/sp-integra-cases-de-boas-praticas-da-ocde-de-politicas-educacionais-durante-a-pandemia

Últimas notícias: