Diretor do Corinthians aprova protesto de torcedores por democracia e ressalta história do clube

Duílio concordou com ato da torcida por democracia

Duílio concordou com ato da torcida por democracia

Danilo Fernandes/ Meu Timão

No último domingo, um grupo torcedores do Corinthians tomou a Avenida Paulista para pedir por democracia. O ato, que acabou contando com a presença de torcidas rivais, também ganhou o apoio de Duílio Monteiro Alves, diretor de futebol do clube.

"Aqui vai minha opinião pessoal e não a do Corinthians: da Fiel eu espero tudo, menos o silêncio. Briga por democracia é sempre bem-vinda, saudável. Nós temos que defender sempre. Corinthians é democracia e ponto", disse, em entrevista ao GloboEsporte.com.

"Da Fiel, o estranho seria o silêncio. Acho que temos que estar sempre brigando por democracia. País precisa, para que a gente tenha mais sabedoria nesses momentos que estamos passando", completou.

Notícias relacionadas

Notícias relacionadasEm quem você votaria para novo presidente do Corinthians? Vote na enquete! Em quem você votaria para novo presidente do Corinthians? Vote na enquete! Salários atrasados e outras pendências: Corinthians planeja semana do alívio com grana de Pedrinho Salários atrasados e outras pendências: Corinthians planeja 'semana do alívio' com grana de Pedrinho

Apesar da opinião do dirigente, é preciso deixar claro que a movimentação não teve qualquer ligação oficial com o Corinthians ou qualquer torcida organizada. Questionado se o Timão vai apoiar atos do tipo oficialmente, o diretor foi sucinto e relembrou a ligação história do clube com o tema.

"O Corinthians já simboliza isso. É democracia. Não cabe aqui opinião política para um lado ou outro. Mas democracia é inegociável e indiscutível. O Corinthians sempre vai brigar por isso", concluiu.

Na década de 80, vale lembrar, o Corinthians protagonizou um movimento revolucionário para o esporte a política do país. Além de trazer novos conceitos para o futebol, a Democracia Corinthiana lutou pelo direito de voto do povo brasileiro nas "Diretas Já!".

Junto de Sócrates, Wladimir, Casagrande e tantos outros jogadores, um dos nomes por trás do histórico período do Timão foi Adilson Monteiro Alves, pai de Duílio – era o diretor do clube na época.

Veja o passo a passo do protesto por democracia na Avenida Paulista

Veja mais em: Duílio Monteiro Alves, Torcida do Corinthians e História do Corinthians.

Fonte: www.meutimao.com.br/noticias-do-corinthians/349430/diretor-do-corinthians-aprova-protesto-de-torcedores-por-democracia-e-ressalta-historia-do-clube