fbpx
22 C
Porto Velho
quarta-feira, 12 agosto 2020, 07:55
Site de apostas
Site de apostas

Presidente do Expresso da Virada explica apoio ao grupo Sempre Vasco; veja vídeo |

Em programa realizado na última quinta-feira a noite, 30 de julho de 2020, o Super Papo Vascaíno conversou com Cláudio Pereira Gomes, Presidente do grupo político “Expresso da Virada” que foi anunciado no último sábado, dia 25 de julho, como mais um grupo a compor o bloco de apoio do grupo “Sempre Vasco”, visando o pleito eleitoral ordinário a ser realizado em novembro deste ano, segundo determina o estatuto do Vasco. O vídeo de nosso Super Papo encontra-se disponível abaixo e postado para todos conferirem em nosso canal. Perguntando pelo debatedor, Cristiano Mariotti, sobre o porquê do apoio ao grupo de Júlio Brant, Cláudio respondeu que foi “uma conjugação de variáveis que levaram o grupo a declarar apoio ao Sempre Vasco”. Segundo Cláudio, entre outras coisas ditas como a manutenção do contato entre os grupos, “nunca houve uma diferença ideológica e política entre nós (Expresso e Sempre Vasco), apenas optando por lados diferentes” (se referindo ao pleito eleitoral de 2017, em que seu grupo esteve ao lado de Fernando Horta durante a campanha na eleição entre os associados em São Januário). Outro fator, também, foi a convergência de ideias e de propostas e que o grupo (Expresso da Virada) identificou que, dentre os grupos que existiam, o Sempre Vasco foi o mais próximo, tendo sido essa uma decisão democrática entre os integrantes de seu grupo. Ainda segundo Cláudio, o Vasco “tem pago caro a escolha que os conselheiros fizeram” (Campello, ao invés de Júlio Brant, Presidente) e que a ideia é tentar “corrigir os rumos dessa história”, devolvendo a democracia ao Club através da eleição de um Presidente eleito de forma direta pela Assembleia Geral. Cláudio comentou a respeito do senso de justiça e afirmou que aproximadamente 70% de seu grupo optou pelo apoio ao Sempre Vasco. “As opções eram poucas, não havia fartura. A decisão ficou entre dois grupos, sendo que um deles até então não havia como parece que ainda não há um candidato definido. Em termos de projeto, esses dois grupos ainda estão em fase de consolidação”, disse em sua resposta. Sobre o lançamento da candidatura, Cláudio acredita que não demorará. Lembrando que boa parte do eleitorado vascaíno aguarda, com ansiedade, as propostas a serem trazidas pelos grupos políticos que ainda não definiram seus candidatos: “Sempre Vasco” e “Mais Vasco”. Segundo Cláudio, é questão de semanas para que o projeto seja lançado a todos, bem como a candidatura que, segundo ele crê, deve ser mesmo Júlio Brant o candidato a ser anunciado pelo Sempre Vasco. Perguntado por Thiago Fontes, o “Vascaíno do Cerrado”, sobre o que mais, além do senso de justiça, fez com que o grupo acreditasse no grupo liderado por Brant ao invés de projetos de outros candidatos lançados , Cláudio ressaltou a importância em se ter uma equipe qualificada de trabalho. Segundo o próprio, “ter projeto bom, é imprescindível, porém mais imprescindível ainda é ter pessoas corretas de qualidade a compor o grupo”. Ainda em sua resposta sobre o que acha como importante a figura de um Presidente, “é importante que se tenha uma pessoa de princípios e estar com a mente focada lá dentro para servir ao Vasco, e não se servir do Vasco”. Sobre as questões que mobilizam os sócios eleitores em conversa, também, com nosso membro colaborador Mauro Bremer, Cláudio reafirmou que o grupo está fechado com a proposta das eleições diretas, mas que são contra a proposta de reforma do estatuto enviada no dia 06 de março. Lembrando que na tarde dessa sexta-feira cujo documento foi disponibilizado em domínio público (Internet), o Presidente da Assembleia Geral Faues Cherene Jassus (Mussa) convocou a Assembleia Geral para decidir por meio de votação se o sócio aprova ou não os itens (1) reforma do estatuto e o (2) eleições diretas, o que deve facilitar, a partir de agora, a decisão dos grupos em suas campanhas por apoiar ou não um e outro item do termo de convocação. Sobre o “Expresso da Virada”, Claúdio também contou um pouco da história de seu grupo. Criado há cinco anos aproximadamente em uma época muito difícil devido à terceira queda do Vasco para a segunda divisão do futebol brasileiro, o Expresso conta, hoje, com aproximadamente setenta componentes entre eleitores e elegíveis. Na última eleição em 2017 conforme colocado anteriormente, o grupo apoiou a candidatura de Fernando Horta para Presidente, mas depois no pleito da Lagoa junto aos conselheiros eleitos pelos sócios em São Januário, fechou até o fim com a candidatura de Júlio Brant mesmo na ruptura da chapa “Sempre Vasco Livre” que resultou nos confrontos de Júlio Brant (Sempre Vasco) e Alexandre Campello (até então, Identidade Vasco). Mais maduro, agora, compõem junto com os grupos “Vascão Gigante”, “Vascomed”, “Raízes Vascaínas” e “Guardiões da Colina” o bloco de apoio ao grupo “Sempre Vasco”. A Assembleia Geral ocorrerá, segundo regimento interno imposto pelo estatuto do Club, na primeira quinzena do mês de novembro desse ano. Hoje, são declarados candidatos: Luís Roberto Leven Siano, Frederico Lopes, Augusto Ariston e Nélson Medrado Dias. Fora outras, são esperadas as definições do bloco composto pelo “Sempre Vasco”, pelo grupo “Mais Vasco” (composto por “Confraria Vascaína”, “O Vasco do Povo”, “Desenvolve Vasco”, “Ao Vasco Tudo”, “Petrovasco” e “Resgata Vasco”), além do lançamento oficial da candidatura de Luís Manuel Fernandes e da definição se Alexandre Campello, atual Presidente do Club, irá se lançar candidato à reeleição ou não. Fonte: Super Papo Vascaíno

Fonte: www.netvasco.com.br/n/252683/presidente-do-expresso-da-virada-explica-apoio-ao-grupo-sempre-vasco-veja-video




Site de apostas

Últimas notícias: