Emoções podem causar alergia em crianças na pandemia

Legenda: Saúde das crianças é afetada por conta da pandemia / Autor: Mladen Borisov / Fonte: Unsplash

Não são apenas os adultos que sofrem por conta do isolamento social causado pela pandemia do Covid-19 desde março deste ano. As crianças também passam por períodos de estresse e ansiedade. Esses sentimentos podem afetar além da saúde emocional, causando impactos no corpo.

A alergia também pode ser uma doença psicossomática, ou seja, causada por desordens emocionais. Ao sentir o estresse, o sistema imunológico tenta reagir para proteger o corpo, causando uma dermatite atópica. O problema afeta 20% das crianças no mundo todo. No Brasil, 25% delas sofrem desse diagnóstico.

Além da questão emocional, outros dois problemas podem prejudicar os pequenos: alergia alimentar e alergia de contato. Por conta da falta de maturidade do sistema imunológico, crianças menores de 3 anos têm mais chances de desenvolver uma alergia alimentar. Um ponto positivo é que a quarentena não contribui para o desenvolvimento da alergia alimentar, a criança já nasce com essa predisposição.

Já na dermatite de contato, o excesso de higiene, especialmente das mãos, associado ao uso de álcool em gel, também pode irritar a pele. Com cuidados simples é possível evitar esse tipo de alergia. Porém, os problemas emocionais já vêm afetando as crianças com alergia atópica nesse período.

Por não terem condições de compreender e lidar com esses sentimentos, é papel dos pais garantir um ambiente emocionalmente saudável para evitar esses problemas durante a pandemia. 

Auxílio médico e psicológico

Além de contar com um dermatologista, os pais podem procurar um psicólogo para lidar com os problemas emocionais que geram a dermatite. Dessa forma é possível tratar a causa ao invés de apenas ficar reduzindo os sintomas. O psicólogo pode ajudar pais e filhos a lidarem com esse período, instruindo como agir para reduzir esses impactos.

Atividades físicas

O exercício físico também é um grande aliado para diminuir o estresse. Se você possui um jardim ou quintal, invista em momentos de lazer para que a criança possa se exercitar. Use e abuse de brincadeiras que exijam movimentação. Pega-pega, esconde-esconde, amarelinha, dança, pula corda ou um circuito de obstáculos são excelentes alternativas.

Brincadeiras

As crianças também precisam de momentos de tranquilidade. Ofereça brinquedos do estilo Montessori, ou quebra-cabeças e blocos de montar, que proporcionem distração e que exijam concentração dos pequenos. Um ambiente seguro, feliz e sereno contribui para a redução dos sintomas. Embora a alergia atópica possa ser causada pelo estresse, vale ressaltar que ela também é gerada por predisposição genética. Então, além de oferecer atenção e ambiente equilibrado – fatores emocionais -, é importante cuidar com aspectos físicos, como evitar banho com água quente, que pode piorar o caso. Siga sempre as recomendações do seu dermatologista.