fbpx
26 C
Porto Velho
segunda-feira, 19 outubro 2020, 20:25
Site de apostas
Site de apostas

Concurso Banco do Brasil: Bolsonaro descarta privatização da estatal!

Com o novo concurso Banco do Brasil previsto, o presidente Jair Bolsonaro, afirmou que está fora de cogitação privatizar a instituição em seu governo.

Curso Online Completo Banco do Brasil

Bolsonaro não irá privatizar Banco do Brasil

Com a previsão da realização do novo concurso Banco do Brasil, o presidente Jair Bolsonaro, descartou qualquer possibilidade de privatizar a instituição. A declaração foi concedida no dia 17 de setembro, durante uma transmissão ao vivo em suas redes sociais.

“Banco do Brasil e Caixa Econômica, no meu governo, não se cogita sua privatização. Assim como queriam privatizar a Casa da Moeda. No meu governo, só esses três não serão privatizados”, informou o presidente Bolsonaro.

Dessa maneira, o presidente deixou claro que não irá ceder a uma possível investida do ministro da Economia, Paulo Guedes. No mês de abril, o chefe do Ministério da Economia defendeu a venda do Banco do Brasil.

“Vamos vender logo o Banco do Brasil”, salientou Paulo Guedes em uma reunião ministerial, em abril, na presença do ex-presidente do BB Rubem Novaes, e do próprio Bolsonaro.

Para o ministro Guedes, o Ministério da Economia tem medidas para fornecer créditos às instituições financeiras, mas isso não tem chegado às empresas. Além disso, seria o Banco do Brasil que “deveria puxar a fila”, por ter o governo como maior acionista.

Outra crítica do ministro ao Banco do Brasil, é o atraso da instituição na corrida tecnológica em relação aos demais bancos.

imagem19-09-2020-11-09-36

Concurso Banco do Brasil está na reta final dos estudos

O próximo edital do concurso Banco do Brasil está previsto para ser divulgado ainda em 2020. No mês de agosto, a instituição afirmou que: “O BB está finalizando os estudos sobre o concurso”.

Apesar de confirmar o certame , o Banco do Brasil não concedeu detalhes sobre as oportunidades que serão ofertadas, assim como os requisitos a serem cobrados no próximo concurso.

Ao todo, estão previstas 120 vagas voltadas para a área de Tecnologia. A informação foi dada, no mês de agosto, pelo jornal Estadão.

Ainda de acordo com a reportagem, o edital deveria ser publicado no terceiro trimestre deste ano, sendo assim, até o mês de setembro. Todavia, o BB não confirma a previsão.

Já o salário dos candidatos aprovados será de cerca de R$ 3.800,00 somando benefícios. Ao que tudo indica, este será o primeiro edital do BB que não será exclusivo para a carreira de Escriturário.

Entretanto, hoje o Banco do Brasil tem carreira única para ingresso: a de Escriturário, de nível médio. Dessa maneira, a seleção poderá ser realizada de duas formas.

Uma delas será por meio de vagas para o cargo de Escriturário, exigindo nível médio e cobrando disciplinas com foco em Tecnologia da Informação. Este modelo foi aplicado no ano de 2018, mas recebeu críticas de especialistas e de candidatos. Neste caso, a remuneração é de R$ 4.036,56.

A outra alternativa seria um certame específico para a área de Tecnologia da Informação, com exigências específicas. O que parece que irá acontecer, conforme as informações da reportagem do Estadão. Porém, o Banco do Brasil não confirma as informações.

Ainda segundo informações, o concurso Banco do Brasil será feito nos moldes de um programa de trainee, com acompanhamento de gestores. Além disso, será possível escolher o local de trabalho, já que o órgão estuda manter o home office após a pandemia da Covid-19.

No entanto, ainda não se sabe, qual escolaridade será cobrada para o cargo, já que este, de acordo com a reportagem do Estadão, será o primeiro concurso para a área de TI do BB.

Entretanto, já estaria certo de que os conhecimentos no setor serão necessários, já que uma prova está sendo elaborada com foco neste conhecimento.

Fonte: www.novaconcursos.com.br/portal/noticias/concurso-banco-do-brasil-bolsonaro-descarta-privatizacao

Site de apostas

Últimas notícias: