Em RO ação do Ibama em garimpo ilegal não prende ninguém?

Ao que tudo indica, uma ação do Ibama que desativou um garimpo ilegal no interior de Rondônia, na Floresta Nacional do Jamari, não levou nenhum responsável para cadeia.

O enorme garimpo, conforme anunciado, com tamanho de mais de mil campos de futebol, foi flagrado pelas equipes de operação e desativado, mas nenhum responsável foi preso.

O fato lamentável e que ninguém questiona, é que seria praticamente impossível não surpreender pelo menos os trabalhadores, a menos que já soubessem com ampla antecedência da operação policial.

A inteligência do Ibama, da polícia que lhe assessora nestas situações, não conseguiu bolar uma estratégia plausível para flagrar o garimpo em pleno funcionamento e levar os responsáveis a prisão?

Com o tamanho da clareira aberta na mata, coisa que não é de poucos dias, nunca foi avistado nada via satélite ou por meio das constantes operações de fiscalização realizadas na Flona do Bom Futuro?

Há de se suspeitar de negligência por parte dos órgãos fiscalizadores, além de prevaricação, pois um clarão destes na mata com certeza já foi descoberto há mais tempo, mas nunca atitudes foram tomadas.

Quem seria o figurão que muito se beneficiou com este garimpo ilegal e ainda mais, teve a sorte grande de não ser pego pelo Ibama?

Flona Vale do Jamari (Foto: Rede Amazônica/ Reprodução)

Deixe sua opinião pelo Facebook

comentários